quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

JORNAL SEXTA-FEIRA VIAMÃO - COLUNA DO ARRUDA FILHO - 06

Ex-prefeito Ridi I
Nesta semana conversei com o ex-prefeito Eliseu Ridi (PT) na sala de bate-papo do facebook
Olá ex-prefeito Ridi !!!
-olá meu amigo Arruda! tdo bem por aí?
Sim!!! O Sr. vai ocupar algum posto no governo Tarso?
-Acredito que sim !!! Mas, estamos aguardando as composições do Governo. Acho que podemos contribuir com o Tarso, ao mesmo tempo em que podemos ajudar o nosso município (Viamão).
Fosse sondado para integrar o governo?
-Sim! Meu nome já foi apresentado pela direção da minha corrente, aos responsáveis pela composição de governo. Agora, estamos esperando o retorno.

Ex-prefeito Ridi II
Nos bastidores políticos é questionado: porque o ex-prefeito Ridi (PT) é fritado na composição de governo do prefeito Alex (PT)?
Num dia desses fiz essa pergunta ao prefeito Alex. Ele respondeu:
-O Ridi nunca me procurou para tratar do aproveitamento dele no atual governo, mas a corrente que ele faz parte no PT ocupa muitos cargos importantes na Prefeitura.

Ex-prefeito Ridi III
Perguntei ao ex-prefeito Ridi como é a relação dele com Alex? Ridi silenciou.

Arrozeiros Apavorados
Os produtores de arroz, em Viamão, estão preocupados com o preço do produto. Hoje o preço da saca do arroz com 60 kg está custando R$ 21,00, enquanto, o custo de produção da saca é de R$ 28,00, explica a produtora, Olga Maria Abreu Lopes, que planta na granja na Pimenta.

Abigeato
O produtor rural, Fábio Ávila, está preocupado com os abigeatos que estão ocorrendo periodicamente na região do Passo da Areia, na localidade da Lagoa dos Quero-queros, e redondezas. Na semana passada os ladrões levaram 20 ovelhas gordas de sua propriedade.
A Brigada Militar e a Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária de Viamão tem que realizar um trabalho em conjunto para garantir a produção. O próprio comandante do Posto Policial de Itapuã que atende a região se queixa da falta de efetivo na corporação. O policiamento conta com 3 policiais e uma viatura para atender a região que nesta época do ano aumenta a população e as ocorrências com a chegada dos veranistas na praia.

Itapuã é Emancipacionista
Nesta semana conversei por telefone com o meu amigo Antonio Ilha da Rádio Itapuã sobre a emancipação da Vila de Itapuã. Ele me disse que as reuniões pró-emancipação ocorrem duas vezes por mês no vilarejo. Ele explica que o motivo do movimento é o descaso com que os prefeitos, ao longo dos anos, tem demonstrado a localidade. Só temos uma rua calçada. Falta tratamento de esgoto e infra-estrutura para desenvolver o turismo.

Debandada

O prefeito Alex está em ação. Como o PP não se decidiu por integrar a base aliada do governo municipal, o prefeito está aos poucos esvaziando o Partido Progressista, oferecendo “Tetas para mamada”. Na próxima semana vamos dar os nomes dos que debandaram para o PT.

sábado, 22 de janeiro de 2011

SILVIO PANO TERRA É HOMEM MUNDIADO



O meu amigo Silvio Pano Terra é homem literalmente mundiado.
Agora está no Amazonas.

OBJETUS INFORMÁTICA - VOLTE A ESTUDAR

PROFESSORA RESPONDE A REVISTA VEJA

Olá Arruda!!!
Estou enviando uma cópia da carta escrita por uma professora que trabalha no Colégio Estadual Mesquita, à revista Veja.
Peço por favor que repasse a todos que conhecem, é longa mas vale a pena ler.

RESPOSTA À REVISTA VEJA

Sr. Editor
Sou professora do Estado do Paraná e fiquei indignada com a reportagem da jornalista Roberta de Abreu Lima “Aula Cronometrada”. É com grande pesar que vejo quão distante estão seus argumentos sobre as causas do mau desempenho escolar com as VERDADEIRAS razões que geram este panorama desalentador.

Não há necessidade de cronômetros, nem de especialistas para diagnosticar as falhas da educação. Há necessidade de todos os que pensam que: “os professores é que são incapazes de atrair a atenção de alunos repletos de estímulos e inseridos na era digital” entrem numa sala de aula e observem a realidade brasileira.

Que alunos são esses “repletos de estímulos” que muitas vezes não têm o que comer em suas casas quanto mais inseridos na era digital? Em que pais de famílias oriundas da pobreza trabalham tanto que não têm como acompanhar os filhos em suas atividades escolares, e pior em orientá-los para a vida? Isso sem falar nas famílias impregnadas pelas drogas e destruídas pela ignorância e violência, causas essas que infelizmente são trazidas para dentro da maioria das escolas brasileiras.

Está na hora dos professores se rebelarem contra as acusações que lhes são impostas. Problemas da sociedade deverão ser resolvidos pela sociedade e não somente pela escola.

Não gosto de comparar épocas, mas quando penso na minha infância, onde pai e mãe, tios e avós estavam presentes e onde era inadmissível faltar com o respeito aos mais velhos, quanto mais aos professores e não cumprir as obrigações fossem escolares ou simplesmente caseiras, faço comparações com os alunos de hoje “repletos de estímulos”. Estímulos de quê? De passar o dia na rua, não fazer as tarefas, ficar em frente ao computador, alguns até altas horas da noite, (quando o têm), brincando no Orkut, ou o que é ainda pior envolvidos nas drogas. Sem disciplina seguem perdidos na vida.

Realmente, nada está bom. Porque o que essas crianças e jovens procuram é amor, atenção, orientação e disciplina.

Rememorando, o que tínhamos nós, os mais velhos, há uns anos atrás de estímulos? Simplesmente: responsabilidade, esperança, alegria. Esperança que se estudássemos teríamos uma profissão, seríamos realizados na vida. Hoje os jovens constatam que se venderem drogas vão ganhar mais. Para quê o estudo? Por que numa época com tantos estímulos não vemos olhos brilhantes nos jovens? Quem, dos mais velhos, não lembra a emoção de somente brincar com os amigos, de ir aos piqueniques, subir em árvores? E, nas aulas, havia respeito, amor pela pátria.. Cantávamos o hino nacional diariamente, tínhamos aulas “chatas” só na lousa e sabíamos ler, escrever e fazer contas com fluência. Se não soubéssemos não iríamos para a 5ª. Série. Precisávamos passar pelo terrível, mas eficiente, exame de admissão. E tínhamos motivação para isso.

Hoje, professores “incapazes” dão aulas na lousa, levam filmes, trabalham com tecnologia, trazem livros de literatura juvenil para leitura em sala-de-aula (o que às vezes resulta em uma revolução), levam alunos à biblioteca e a outros locais educativos (benza Deus, só os mais corajosos!) e, algumas escolas públicas onde a renda dos pais comporta, até a passeios interessantes, planejados minuciosamente, como ir ao Beto Carrero.

E, mesmo assim, a indisciplina está presente, nada está bom. Além disso, esses mesmos professores “incapazes”, elaboram atividades escolares como provas, planejamentos, correções nos fins-de-semana, tudo sem remuneração;

Todos os profissionais têm direito a um intervalo que não é cronometrado quando estão cansados. Professores têm 10 minutos de intervalo, quando têm de escolher entre ir ao banheiro ou tomar às pressas o cafezinho. Todos os profissionais têm direito ao vale alimentação, professor tem que se sujeitar a um lanchinho, pago do próprio bolso, mesmo que trabalhe 40 h.semanais. E a saúde? É a única profissão que conheço que embora apresente atestado médico tem que repor as aulas. Plano de saúde? Muito precário.

Há de se pensar, então, que são bem remunerados... Mera ilusão! Por isso, cada vez vemos menos profissionais nessa área, só permanecem os que realmente gostam de ensinar, os que estão se aposentando e estão perplexos com as mudanças havidas no ensino nos últimos tempos e os que aguardam uma chance de “cair fora”.Todos devem ter vocação para Madre Teresa de Calcutá, porque por mais que se esforcem em ministrar boas aulas, ainda ouvem alunos chamá-los de “vaca”,”puta”, “gordos “, “velhos” entre outras coisas. Como isso é motivante e temos ainda que ter forças para motivar. Mas, ainda não é tão grave.

Temos notícias, dia-a-dia, até de agressões a professores por alunos. Futuramente, esses mesmos alunos, talvez agridam seus pais e familiares.

Lembro de um artigo lido, na revista Veja, de Cláudio de Moura Castro, que dizia que um país sucumbe quando o grau de incivilidade de seus cidadãos ultrapassa um certo limite.

E acho que esse grau já ultrapassou. Chega de passar alunos que não merecem. Assim, nunca vão saber porque devem estudar e comportar-se na sala de aula; se passam sem estudar mesmo, diante de tantas chances, e com indisciplina... E isso é um crime! Vão passando série após série, e não sabem escrever nem fazer contas simples. Depois a sociedade os exclui, porque não passa a mão na cabeça. Ela é cruel e eles já são adultos.

Por que os alunos do Japão estudam? Por que há cronômetros? Os professores são mais capacitados? Talvez, mas o mais importante é porque há disciplina.

E é isso que precisamos e não de cronômetros. Lembrando: o professor estadual só percorre sua íngreme carreira mediante cursos, capacitações que são realizadas, preferencialmente aos sábados. Portanto, a grande maioria dos professores está constantemente estudando e aprimorando-se. Em vez de cronômetros, precisamos de carteiras escolares, livros, materiais,quadras-esportivas cobertas (um luxo para a grande maioria de nossas escolas), e de lousas, sim, em melhores condições e em maior quantidade. Existem muitos colégios nesse Brasil afora que nem cadeiras possuem para os alunos sentarem. E é essa a nossa realidade! E, precisamos, também, urgentemente de educação para que tudo que for fornecido ao aluno não seja destruído por ele mesmo Em plena era digital, os professores ainda são obrigados a preencher os tais livros de chamada, à mão: sem erros, nem borrões (ô, coisa arcaica!), e ainda assim se ouve falar em cronômetros. Francamente!!

Passou da hora de todos abrirem os olhos e fazerem algo para evitar uma calamidade no país, futuramente. Os professores não são culpados de uma sociedade incivilizada e de banditismo, e finalmente, se os professores até agora não responderam a todas as acusações de serem despreparados e “incapazes” de prender a atenção do aluno com aulas motivadoras é porque não tiveram TEMPO.

Responder a essa reportagem custou-me metade do meu domingo, e duas turmas sem as provas corrigidas.

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

FEPAGRO É VINCULADA A SECRETARIA DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E AGRONEGÓCIO

Criada em 1994, a Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro) retorna para a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio (Seapa) a partir desta segunda-feira (17), com a edição da Lei nº 13.672/11, publicada no Diário Oficial do Estado. Aprovada por unanimidade pelos deputados estaduais na última terça-feira (11), o projeto foi sancionado pelo governador Tarso Genro.
A Fepagro foi constituída como instrumento de pesquisa para as grandes áreas do setor agropecuário, estando, no início, ligada à Secretaria da Agricultura. Ultimamente, entretanto, encontrava-se vinculada à Secretaria da Ciência e Tecnologia.
De acordo com o secretário da Agricultura, Luiz Fernando Mainardi, a Fundação "passa a cumprir seu papel diretamente ligada à pasta que cuida da agropecuária no Rio Grande do Sul, segmento atendido pelos estudos que realiza". Mainardi afirma que a Fepagro será orientada para atuar no desenvolvimento de pesquisas que resultem no desenvolvimento econômico, social e ambiental do Estado.
Recursos genéticos e produção de grãos, frutas, hortaliças, produção e sanidade animal são temas de programas desenvolvidos pela Fepagro. A fundação localiza-se em área contígua à Seapa, e o novo presidente deverá ser anunciado ainda nesta semana.

Fonte: Site do Governo do Estado


FEPAGRO SEDE

VACA COWLORADA - COWPAREDE CHEGA EM PORTO ALEGRE - RS

'CowParede' chega em Porto Alegre
No primeiro dia da Cow Parade, que expõe 80 vacas de fibra de vidro ornamentadas por vários artistas.
A reação dos porto-alegrenses às obras vai da indiferença à emoção.
A maior mostra de arte urbana do mundo, deste gênero, que já ganhou as ruas de mais de 50 cidades em diferentes regiões e agora, está fazendo sucesso na capital gaúcha.
A vaca "Cowlorada", feita pelo artista plástico Rodrigo Oliveira foi exposta na Av. Padre Cacique, 891, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.




quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

O PREÇO DE NÃO ESCUTAR A NATUREZA

Autor do texto: Leonardo Boff
Filósofo/Teólogo


O preço de não escutar a natureza
O cataclisma ambiental, social e humano que se abateu sobre as três cidades serranas do Estado do Rio de Janeiro, Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo, na segunda semana de janeiro, com centenas de mortos, destruição de regiões inteiras e um incomensurável sofrimento dos que perderam familiares, casas e todos os haveres tem como causa mais imediata as chuvas torrenciais, próprias do verão, a configuração geofísica das montanhas, com pouca capa de solo sobre o qual cresce exuberante floresta subtropical, assentada sobre imensas rochas lisas que por causa da infiltração das águas e o peso da vegetação provocam frequentemente deslizamentos fatais.
Culpam-se pessoas que ocuparam áreas de risco, incriminam-se políticos corruptos que destribuíram terrenos perigosos a pobres, critica-se o poder público que se mostrou leniente e não fez obras de prevenção, por não serem visíveis e não angariarem votos. Nisso tudo há muita verdade. Mas nisso não reside a causa principal desta tragédia avassaladora.
A causa principal deriva do modo como costumamos tratar a natureza. Ela é generosa para conosco pois nos oferece tudo o que precisamos para viver. Mas nós, em contrapartida, a consideramos como um objeto qualquer, entregue ao nosso bel-prazer, sem nenhum sentido de responsabilidade pela sua preservação nem lhe damos alguma retribuição. Ao contrario, tratamo-la com violência, depredamo-la, arrancando tudo o que podemos dela para nosso benefício. E ainda a transformamos numa imensa lixeira de nossos dejetos.
Pior ainda: nós não conhecemos sua natureza e sua história. Somos analfabetos e ignorantes da história que se realizou nos nossos lugares no percurso de milhares e milhares de anos. Não nos preocupamos em conhecer a flora e a fauna, as montanhas, os rios, as paisagens, as pessoas significativas que ai viveram, artistas, poetas, governantes, sábios e construtores.
Somos, em grande parte, ainda devedores do espírito científico moderno que identifica a realidade com seus aspectos meramente materiais e mecanicistas sem incluir nela, a vida, a consciência e a comunhão íntima com as coisas que os poetas, músicos e artistas nos evocam em suas magníficas obras. O universo e a natureza possuem história. Ela está sendo contada pelas estrelas, pela Terra, pelo afloramento e elevação das montanhas, pelos animais, pelas florestas e pelos rios. Nossa tarefa é saber escutar e interpretar as mensagens que eles nos mandam. Os povos originários sabiam captar cada movimento das nuvens, o sentido dos ventos e sabiam quando vinham ou não trombas d’água. Chico Mendes com quem participei de longas penetrações na floresta amazônica do Acre sabia interpretar cada ruído da selva, ler sinais da passagem de onças nas folhas do chão e, com o ouvido colado ao chão, sabia a direção em que ia a manada de perigosos
porcos selvagens. Nós desaprendemos tudo isso. Com o recurso das ciências lemos a história inscrita nas camadas de cada ser. Mas esse conhecimento não entrou nos currículos escolares nem se transformou em cultura geral. Antes, virou técnica para dominar a natureza e acumular.
No caso das cidades serranas: é natural que haja chuvas torrenciais no verão. Sempre podem ocorrer desmoronamentos de encostas. Sabemos que já se instalou o aquecimento global que torna os eventos extremos mais freqüentes e mais densos. Conhecemos os vales profundos e os riachos que correm neles. Mas não escutamos a mensagem que eles nos enviam que é: não construir casas nas encostas; não morar perto do rio e preservar zelosamente a mata ciliar. O rio possui dois leitos: um normal, menor, pelo qual fluem as águas correntes e outro maior que dá vazão às grandes águas das chuvas torrenciais. Nesta parte não se pode construir e morar.
Estamos pagando alto preço pelo nosso descaso e pela dizimação da mata atlântica que equilibrava o regime das chuvas. O que se impõe agora é escutar a natureza e fazer obras preventivas que respeitem o modo de ser de cada encosta, de cada vale e de cada rio.
Só controlamos a natureza na medida em que lhe obedecemos e soubermos escutar suas mensagens e ler seus sinais. Caso contrário teremos que contar com tragédias fatais evitáveis.


"O cuidado salvará a Vida,
fará Justiça ao empobrecido
e resgatará a Terra como
Pátria e Mátria de todos."
(Leonardo Boff)

[As partes desta mensagem que não continham texto foram removidas]

JORNAL SEXTA-FEIRA VIAMÃO COLUNA DO VILSON ARRUDA FILHO - 05

Vergonha: Banheiros Sujos
Recebi o seguinte Email. Professor Arruda. Boa Tarde!!!!
Leio sempre a tua coluna. Gostaria que você registra-se o seguinte assunto: Várias pessoas que esperam o ônibus, na parada na praça da prefeitura, no centro de Viamão, em frente a casa do ex-prefeito Clodoaldo Prates da Veiga, reclamam dos banheiros que estão sempre sujos e imundos.
Será que a Prefeitura de Viamão, não tem condições de fazer uma obra com mais banheiros e higienização regular, para atender um número maior de pessoas?
Atenciosamente.
Jorge Luiz Cândido Bueno

Sugestão de banheiro público

Descaso do Prefeito Alex
Olha Jorge!!! O prefeito Alex (PT) dificilmente utiliza os banheiros públicos em Viamão. Depois que ele construiu o “Palacinho” na esquina da caixa d’ água, ele utiliza um banheiro de primeiro mundo e sempre limpinho e higienizado por duas funcionárias pagas com o dinheiro dos nossos impostos (IPTU). Já, os usuários do banheiro público são tratados com desrespeito.

Viamonense no Governo Tarso
A nova secretária de Políticas Públicas para as Mulheres do Estado, Márcia Santana (PT), é moradora no bairro Mendanha, em Viamão. Ela tomou posse no dia 10 de janeiro. Durante a cerimônia, ela expôs suas prioridades e destacou que um dos seus primeiros atos será a assinatura do Pacto Nacional de Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres.

Mamada PDT I
Lembro que, em 2007, o prefeito Alex (PT) no seu primeiro mandato queria uma aproximação com o PDT, para garantir a sua reeleição na prefeitura. Procurou os mandatários do partido, e em troca de votos, ofereceu umas “Tetas” na Barrosa, porém os valores das “Tetas” não agradaram, na época, os mandatários pedetistas, entre eles, Alexandre Godoy.


Mamada PDT II
Então, o esperto prefeito Alex, procurou os pedetistas Paulo Soares e Bráulio Pontes e propôs para eles montarem uma chapa de oposição para derrotar o Advogado Alexandre Godoy e Dr. Cristaldo, na convenção, e em troca oferecia uma espécie de “Teta”, com a condição de que se ganhassem a convenção, eles levariam o PDT para apoiá-lo na pretendida reeleição ao executivo municipal.

Mamada PDT III
No entanto, Alexandre Godoy, vendo a possibilidade do avanço oposicionista na convenção do PDT, em 2007, ingressou com um pedido de impugnação de algumas fichas de filiados apresentadas por Paulo Soares e fez um arrazoado de vários tópicos denunciando que o prefeito Alex arrumou um cargo CC I(mensalão) para Paulo Soares na prefeitura. Naquela época, 2007, Alexandre condenava a mamada na “Teta”.

Alexandre Denuncia Mensalão
Em 2007, Alexandre Godoy, explica que não gostava de mamada (mensalão) condenando os companheiros. Veja o que ele diz: “Cabe aqui, um repúdio a esta conduta vergonhosa de cooptar filiados para interferirem no processo democrático do PDT, querendo transformar o partido PDT numa filial do PT no município, com a mais gritante e escancarada forma de mensalão aplicada em nosso município.

Paulo Soares Tinha Razão
O pedetista Paulo Soares, hoje filiado no PT, é mais esperto que Alexandre, pois naquela época, em 2007, ele já via a possibilidade do PDT se transformar na base aliada do governo municipal petista.

Moral da história
Agora, Alexandre Godoy, secretário de Cultura do prefeito Alex, que condenava uma mamada antecipada, se converteu a uma mamada gorda no primeiro escalão do governo municipal, negociando, com mérito, 14 cargos CCs em menores “Tetas”. Como é bom mamá nas “Tetas dos outros”.

Foto porquinhos:
http://4.bp.blogspot.com/_o34YdOV7aFQ/TThUCoXXckI/AAAAAAAACGg/3HxNY_gLr8c/s200/porquinhos-mamando-16nov2010-EFE.jpg

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

JORNAL SEXTA-FEIRA VIAMÃO - COLUNA DO VILSON ARRUDA FILHO - 4

Sinaleiras Sincronizadas
Depois que nós fizemos uma crítica contundente sobre o “dessincronismo” dos semáforos na Av. Cel Marcos de Andrade, no centro de Viamão, que causava desconforto aos motoristas, o prefeito do bom senso, Alex (PT), resolveu sincronizar a sinalização. Até que, enfim, escutou os apelos do povo de Viamão.

Concurso Público na Câmara
O presidente da Câmara Municipal de Viamão, Nadin Harfouche (PP) me relatou que vai realizar, neste ano, concurso público para suprir a necessidade de funcionários no legislativo conforme prevê a constituição.

Transparência
A decisão do Nadin vai acabar com os apadrinhamentos políticos, onde somente os cabos eleitorais tinham vez na mamada das “Tetas” da Câmara.

Prefeitura no Cadin
Alguns vereadores vão seguidamente a Brasília com diárias pagas pela Câmara, a fim de buscar verbas para o município. Segundo, Nadin isso é perda de tempo porque o dinheiro não vem. Ele explica que a prefeitura está no CADIN (espécie de SPC das prefeituras que não pagam suas contas), então o dinheiro do governo não vem e as viagens são em vão, e geram mais gastos. O momento é pensar em economizar, ainda mais o dinheiro do povo para não gerar inadimplência.

Rodeio da ETA
A Comissão Organizadora do Rodeio Internacional de Viamão composta por professores da Escola Técnica de Agricultura de Viamão pensa em terceirizar através de edital público, alguns setores de apoio do evento como ingressos/portaria, estacionamento, bailes, acampamento, e a cancha de provas. O projeto está sendo elaborado e será apresentado primeiro ao Conselho Escolar da instituição.

Professores Alertas
Os professores do Estado (RS) estão esperando que o governador Tarso Genro (PT) ofereça o básico de R$ 900,00, antes de março. Tarso defendia esse básico na campanha para governador. A governadora Yeda (PSDB) foi muito criticada por não compactuar com a lei federal que garante esse valor aos professores gaúchos, reclamando que não tinha dinheiro para pagar. O Cpergs/Sindicato está aguardando as decisões para negociar.

Rodovia Tapir Rocha
Os usuários da rodovia Tapir Rocha (RS 040) no trecho de Viamão ao Litoral Norte e, que tem como concessionária a Univias, reclamam que não observaram nenhuma melhoria na estrada do verão passado para janeiro deste ano. Acredito que com o dinheiro que arrecadaram todos esses anos bem que poderiam ter ampliado mais a estrada e, que em certos trechos não tem acostamento.

JORNAL SEXTA-FEIRA VIAMÃO - COLUNA DO ARRUDA FILHO - 03

Distribuição de Tetas
O prefeito, Alex (PT) visando garantir a base eleitoral para a próxima eleição municipal, em 2012, e eleger o seu sucessor, está fazendo um grande leilão dos cargos no primeiro e segundo escalão, diga-se, das “Tetas” na Prefeitura de Viamão para os partidos de oposição que estejam interessados em mamarem na vaquinha barrosa.

Preço da Mamada
Corre solto nos “butecos” da cidade que o preço de venda da “Teta” depende do número de votos que o partido interessado em mamar fez na última eleição municipal. Segundo, o prefeito Alex, um úbere na prefeitura com quatro tetos, leite longa-vida sem limite de tirada e com ordenha mecânica, o partido interessado tem que ter feito, no mínimo, 27 mil votos. Se for menos que 8 mil votos, só negocia por mamada em saquinho plástico tipo “C” desnatado e origem em tambo com ordenha manual.

Buscando a Boquinha
Hoje, em Viamão, a maioria dos partidos estão enfraquecidos e sem identidade política. Os líderes partidários buscam o poder e status e, incessantemente, a qualquer preço, a mamada no governo municipal.
Já viram uma boquinha de mamada. Os lábios ficam compridos até alcançarem a teta.

Teta Investida l
A primeira investida que o prefeito realizou foi em setembro do ano passado quando ofereceu uma “Teta Polpuda” para o Partido Progressista (PP). Como os progressistas custaram a se decidirem o prefeito Alex com as “Tetas da Barrosa” na mão, diga-se caneta, foi negociar com outros partidos sedentos pela mamada na sua oferecida “Teta”.

Teta Investida II
Fracassado o seu primeiro leilão o prefeito se reuniu com o seu amigo inseparável, Dr. Cristaldo, (PDT) e acertaram o valor da mamada natalina tipo “C” com direito a champanhe. Nesta negociação o PDT ficaria com a secretaria de Cultura e Esporte, indicando o empresário Alexandro Godoy para assumir o comando da pasta nas tetas da barrosa, como já se concretizou.

Teta de Baixo
Um líder partidário interessado na teta de baixo, perguntou ao prefeito: quanto custa a mamada na sua teta de baixo? O prefeito, sem jeito, sem saber o que dizer se fez de desentendido. Quando já ia saindo a liderança puxou-o pelo braço e reforçou a pergunta: prefeito quantos votos precisa um partido ter feito para assumir a Secretaria Municipal de Obras que fica localizada lá em baixo perto do campo do Tamoio? Esse negócio de mamar na Teta sempre cria confusão.

Nadin é Presidente
Já é presidente do legislativo municipal, Nadin Harffoche PP), o mais ferrenho opositor do prefeito Alex. Nadin é pré-candidato a prefeito e promete não dar trégua fiscalizando ainda mais as ações do executivo municipal. Nadin não concorda com este leilão de cargos na prefeitura.

Chico Gutierres
Me avisaram que o experiente político Chico Gutierres(PTB) está negociando com o prefeito Alex uma mamada na barrosa. Será que o meu amigo Chico perdeu a vergonha. Não acredito. O velho Chico tem personalidade.

Objetus Escola de Informática
A direção da Objetus informa que a Escola mudou de endereço. Está em local mais seguro e amplo e de fácil acesso, na Av. Cel Marcos de Andrade, 141, junto à sede do Unificado, em frente ao Banrisul, centro de Viamão. Contato: 3485-3117.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

DISCURSO DE FORMATURA DO PROFESSOR VILSON ARRUDA PARANINFO NA ESCOLA TÉCNICA DE AGRICULTURA DE VIAMÃO - ETA

DISCURSO DO PARANINFO PROFESSOR VILSON ARRUDA

Excelentíssimo Srº Diretor Geral da Escola Técnica de Agricultura de Viamão, Professor Evandro Cardoso Minho
Demais autoridades presentes que compõe a mesa e já citados pelo cerimonial;
Excelentíssimos Senhores Professores que compõem o Corpo Docente, funcionários, formandos desta Instituição, alunos, pais e amigos....
Boa Noite!!!!

Meus Afilhados!!!!
Este é um momento importante para Escola Técnica de Agricultura de Viamão, pois estamos festejando o sucesso dos senhores.
Passaram-se três anos de convivência e estão substancialmente preparados profissionalmente para a profissão de Técnicos em Agriculltura e Pecuária.
Também pra mim é um dia especial porque tenho o privilégio de ter sido escolhido o paraninfo desta turma simbolizando grau de amizade e conmsideração principalmente no ano do centenárioa desta Escola.
Acredito que tornaram-se profissionais altamente competentes com toda a base que receberam nesta casa de ensino.
A vida de estudante de vocês não termina aqui. Sejam fervorosos e busquem uma nova forma de seguir em frente os seus estudos para realizarem os seus sonhos. Somente quem sonha pode fazer os outros sonharem.
Vivemos neste momento glamour e alegria, mas lembro que, a partir deste momento, vocês são responsáveis pela produção de alimentos com qualidade para saciar a fome da raça humana em nosso planeta. Não se tem notícias de que algum povo tenha sobrevivido sem alimentos.
Vejam o grau de responsabilidade social que vocês estão recebendo nesta magnífica sessão solene de formatura.
Em todos os países a produção agropecuária tem uma grande importância social, mesmo porque dela dependem economicamente de forma direta os próprios agropecuaristas, os agro-industriais, o comércio atacadista e varejista, os índios e os trabalhadores rurais.
Mesmo com a mobilização histórica da sociedade civil pela causa e a implementação de políticas públicas de segurança alimentar, ainda existem em todo país pessoas que não têm acesso a alimentos em quantidade e qualidade suficiente para a manutenção da vida saudável.
Segundo a FAO, uma em cada 6 pessoas no mundo ainda amargam com a dor da falta de alimentos.
Meus Afilhados
Entendo que a questão dos alimentos não é só uma questão econômica, mas também é uma questão ética que está linkada substancialmente ao cuidado com o ser humano e ao meio ambiente.
Portanto, vocês estão preparados para produzir e atender alta demanda de alimentos e preservar o meio ambiente para as próximas gerações idealizando políticas públicas de integração do ser humano e animais ao ecossistemas.
Estimados pais sintam-se orgulhosos dos seus filhos, pois são frutos do que vocês ajudaram a construir num mundo moderno cheio de contradições.
Aos professores e funcionários da ETA o reconhecimento pela contribuição e dedicação de convivência diária e oportunizar formas de conhecimento para formar estes cidadões competentes para o mundo do trabalho.
Sejam felizes e que Deus os acompanhe.
Feliz natal e próspero ano de 2011 a todos

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

OBJETUS ESCOLA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL - NOVO ENDEREÇO EM VIAMÃO


A Direção da Objetus Escola de Educação Profissional comunica aos seus alunos, ex-alunos, pais, responsáveis, clientes e fornecedores que a partir de 1º de janeiro de 2011 está funcionando em novo endereço na Rua Cel. Marcos de Andrade, 141, junto a sede do Unificado (prédio em frente do Banrisul, no centro de Viamão).

Os contatos com a escola e toda equipe da Objetus, continuarão os mesmos, assim como as diretrizes pedagógicas e o modelo de gestão propostos.


Fone: (51) 3485-3117




domingo, 2 de janeiro de 2011

DILMA ASSUME BRASIL E LULA VOLTA PRÁ CASA

Dilma com José Socrátes (primeiro ministro de Portugal)

No dia 1º de janeiro de 2010 assume o comando da nação, Dilma Russeff, a primeira mulher presidenta do Brasil. Na cerimônia de posse a soberana brasileira disse em discurso firme: "sinto uma imensa honra por essa escolha do povo brasileiro e sei do significado histórico dessa decisão e não vou descansar, enquanto houver brasileiro sem alimento na mesa, famílias no desalento das ruas e pessoas abandonadas à sorte. É sonho que vou perseguir, um compromisso a ser abraçado por toda sociedade".
A ex-guerrilheira, Dilma ex-PDT, agora petista de carteirinha, assume o governo com maior base de apoio que um presidente já teve desde a remocratização do país, pois tem no governo de coalisão 366 deputados e 52 senadores.
O ex-presidente Lula deixa o governo com 87% de aprovação.
Segundo, o texto de Rogério Mendelski (CP 12 de janeiro) no governo Lula os brasileiros sentiram o prazer de aumentar suas buscas consumistas. Nunca, em tempo algum, tantos brasileiros compraram e realizaram seus sonhos do refrigerador na cozinha, TVs na sala e nos quartos, carro zero na garagem, viagem de avião e fins de semana nos shoppings e nos free shops fronteiriços.
O vice-presidente, Michel Temer (PMDB) esteve sempre ao lado de Dilma na posse.

Seguidores