terça-feira, 27 de dezembro de 2011

CRIME AMBIENTAL: ESQUEMA DE CORRUPÇÃO E PROPINA NA PREFEITURA DE VIAMÃO ESTA SENDO INVESTIGADO

 CRIME AMBIENTAL EM VIAMÃO ENVOLVE ESQUEMA DE CORRUPÇÃO E RECEBIMENTO DE PROPINA PARA ABERTURA DE AREIEIRA


Propina é o dinheiro obtido ou fornecido de forma ilícita, como suborno em atos de corrupção.


POLICIAIS LEVARAM DOCUMENTOS DA PREFEITURA DE VIAMÂO

A TURMA REUNIDA: GROSS, PREFEITO ALEX (PT), VICE ATIDOR CRUZ E ROBINSON (PT) PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO PELO PT.

MATÉRIA  EDITADA POR VILSON ARRUDA NO JORNAL SEXTA DE VIAMÃO

Desde dezembro de 2010, o Jornal Sexta vem denunciando supostas irregularidades na Prefeitura Municipal de Viamão. Parece que aos poucos, estas supostas irregularidades estão começando a serem investigados, após um ano de fundação do jornal.
Na manhã de segunda-feira, dia 27 de dezembro de 2011, o Ministério Público de Viamão, através da promotoria de justiça contra os crimes administrativos e meio ambiente deflagrou uma operação conjunta com a Polícia Civil do Estado do RS, cumprindo mandados de busca e apreensão na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico para apurar suposto envolvimento do secretário Ricardo Gross (PT), e no gabinete do vice-prefeito Atidor Cruz (PTB), onde Jorge Remeska (PTB) era chefe de gabinete.
A operação “Papai Noel” partiu de uma investigação da promotoria da 1ª Vara Criminal de Viamão que vem apurando, há alguns meses, um suposto esquema de corrupção e cobrança de propina dos empresários mineradores para liberação de licença ambiental, com fins de extração de areia na zona rural de Viamão.

Entenda o caso:
Na quinta-feira, 22 de dezembro, da semana passada, Jorge de Souza Azevedo (PTB), o popular Remeska, assessor do vice-prefeito de Viamão, Atidor Cruz (PTB), foi preso em flagrante na casa de Nasi Nunes Teixeira e sua sócia Jaqueline da Silva Barreiro Teixeira, na cidade de Gravataí, recebendo R$ 11 mil em propina para liberação de licença ambiental em Viamão, sendo que uma parte foi paga com três cheques e outra parte em dinheiro.
Segundo consta no Boletim de Ocorrência nº 3431,com data de 22/12, o policial civil cedido para o Ministério Público, após um período de investigação sobre a comercialização de licenças ambientais para mineradoras na Prefeitura Viamão, seguiu Remeska, na noite do dia 22, até a residência dos empresários mineradores, Nasi Nunes Teixeira e Jaqueline da Silva Barreiro Teixeira, nna rua Anglo, 344, Bairro Monte Belo, cidade de Gravataí. O policial deu um tempo, e de posse de um mandado de busca e apreensão entrou na residência do empresário, às 19h30 minutos, e pegou em flagrante na negociação, já em posse de Nasi Teixeira, uma Licença para Exploração Mineral de nº 28/2011, com data de 21/12/2011, e com o agente da Prefeitura de Viamão, Jorge Remeska, apreendeu cheques que perfazem um total de R$ 11 mil, assinados por Jaqueline Teixeira, esposa e sócia de Nasi. No canhoto do talonário de cheque há uma informação de que o pagamento dos cheques era destinado a licenciamento ambiental. Ambos foram presos e encaminhados até a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Gravataí (DPPA) onde foi lavrado o termo de flagrante. Após, prestarem depoimentos, o empresário foi liberado e Jorge Remeska foi encaminhado ao Presídio Central, onde obteve, no dia seguinte, pedido de relaxamento de prisão, ficando em liberdade provisória.
Segundo a promotora, Luciane Feiten Wingert, da 1ª Vara Criminal de Viamão, os agentes da promotoria estão cumprindo um mandado de busca e apreensão, na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, para apreender eventual material que comprove a prática do ilícito de crime de corrupção do Secretário do Desenvolvimento Econômico, Ricardo Gross (PT), em razão da prisão em flagrante, na quinta-feira, 22, de Jorge de Souza Azevedo, quando este cobrava propina de R$ 11 mil reais, em três cheques, na casa de Nasi. “Os três cheques perfazem um total de R$ 11 mil, e foram emitidos com valores de R$ 3.700,00; R$ 3.500,00; 3.800,00) e uma quantia paga em dinheiro de R$ 2.5 mil, explicou a promotora Luciane.
A promotora revelou que as investigações iniciaram após denúncia ao MP. “Iniciamos o processo de investigação, há alguns meses, sobre o possível caso de corrupção e propina na Prefeitura de Viamão, onde a Polícia e os agentes do Ministério Público utilizaram aparelhos de escutas telefônicas para apurarem as denúncias”. A promotora disse que não poderia dar mais detalhes ou informações sobre o processo, pois a investigação é sigilosa e o procedimento está em segredo de justiça.
A Delegada que lavrou o flagrante indiciou Jorge e Nasi por corrupção – Crime contra a administração ambiental consumado, mas a promotora Luciane adiantou que pretende indiciar, Jorge ou outros administradores que vierem a ser indiciados no inquérito, também por crime de Concussão. “O ato de exigir para si ou para outrem, dinheiro ou vantagem em razão da função, direta ou indiretamente, ainda que fora da função, ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida. A pena é de reclusão, e vai de dois a oito anos. Há ainda a pena de multa, que é cumulativa com a de reclusão”, adiantou a promotora Luciane.
Os policiais civis e os agentes do MP, após cumprirem diligências de busca e apreensão na prefeitura, foram até a casa do secretário Gross, na Vila Cecília, e após longa revista acabaram apreendendo cinco cartuchos de arma de fogo, que foram encaminhados e registrados na 2ª Delegacia de Polícia.

GROSS: HOMEM FORTE DO GOVERNO PETISTA


A interrogação sobre a postura do homem mais forte do Governo Petista de Viamão está no ar???

Ricardo Gross o homem forte do governo petista de Viamão está sendo investigado pelo Ministério Público e Polícia Civil. É visto como um homem reservado e calmo, de poucas palavras, olhar sombrio e sorriso curto. Gross e o prefeito Alex Boscaini (PT) sempre tiveram um estreito relacionamento, desde a infância, ao ponto dele ser o único petista a chefiar três secretarias estratégicas no governo do PT (Saúde, Obras e Desenvolvimento Econômico) e, principalmente, chegou ao apogeu quando ocupou o cargo mais cobiçado que um membro do governo petista pode sonhar, o de chefe de gabinete do prefeito Alex Boscaini.
O Homem forte do Governo petista, é morador no bairro Cecília, e foi candidato a vereador, em 2009, pela tendência de Alex Boscaini. Conquistou mil votos do eleitorado viamonense, mas não o suficiente para ocupar uma cadeira na Câmara de Vereadores. A única desavença política, existente entre os dois, ocorreu em 2010, quando Gross se rebelou e não apoiou o candidato a deputado estadual do prefeito Alex, e acabou sendo exonerado da secretaria municipal de Obras, onde era o secretário. Mas, numa reconciliação política, foi brindado com o cargo maior de Chefe de Gabinete do prefeito.
Atualmente, Gross, ocupa o cargo de secretário municipal de desenvolvimento econômico, onde comanda também o Departamento de Meio Ambiente que libera as concessões de Mineração e Extração de minérios em Viamão.


Nesta manhã ocorreu mais um desdobramento de uma investigação da promotoria de Viamão que apura suposto esquema de cobrança de propinas para a liberação de licenças ambientais à empresas de mineração. Na semana passada o assessor da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Jorge de Souza Azevedo foi preso em flagrante recebendo 11 mil reais em dinheiro. Segundo o Ministério Público, a propina serviria para liberar as atividades da empresa mineradora Morro Grande Limitada para atuar no município. Segundo a promotora Luciane Winglert também será investigada a eventual participação do secretário Ricardo Gross. A reportagem é de Alvaro Andrade (RÁDIO GAÚCHA/RS)
http://mediacenter.clicrbs.com.br/radio-gaucha-player/232/player/231189/ministerio-publico-e-policia-civil-cumprem-mandados-de-busca-na-prefeitura-de-viamao-26-12-2011-11h50/1/index.htm

NADIM HARFOUCHE: PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES DE VIAMÃO - 2011

NADIM ECONOMIZOU HUM MILHÃO NA CÂMARA DE VIAMÃO

O vereador Nadim Harfouche (PP), 47 anos, está em seu segundo mandato. Na última eleição fez 2.662 votos, sendo o vereador mais votado da oposição. Neste ano, como presidente da Câmara Municipal de Vereadores, administrou um orçamento de 7,9 milhões, e surpreendentemente fez uma economia de hum milhão de real, ao poupar o escasso dinheiro do contribuinte.

Agora, o dinheiro vai ser devolvido aos cofres da Prefeitura de Viamão, para que o prefeito Alex Boscaini (PT) aplique em obras sociais para os moradores do município.
O repórter Vilson Arruda Filho entrevista Nadim Harfouche no dia 20 de dezembro de 2011.

Jornal Sexta- Qual foi o diferencial na tua gestão na Câmara, para outras administrações que te antecederam?
Nadim – O diferente de outras gestões é que eu iniciei cortando o que acreditava que estava sendo consumido como supérfluo no dia-a-dia do Legislativo. Economizamos dinheiro evitando o desperdício, e a Câmara funcionou sem problemas e com muito mais qualidade no atendimento ao público. O dinheiro público deve ser gasto, mas com cautela, e poupando para se poder fazer muito mais em obras.

Jornal Sexta- O que fizeste para economizar um milhão de reais em um ano?
Nadim- Não tem segredo. É só ter vontade política, visão administrativa e um plano de viabilidade financeira. Os valores destinados ao orçamento, cerca de 30%, é o presidente da Câmara quem decide sobre a sua aplicação. Então, minha equipe gestora criou algumas metas para reduzir os custos totais (variáveis e fixos). Reduzimos os contratos com as empresas terceirizadas e contratamos um funcionário para realizar a maioria dos serviços de manutenção. Cancelamos o contrato com a empresa que prestava os serviços limpeza, segurança e vigilância. Em consenso com os pares desta Casa, limitamos o número de viagens dos vereadores. Recomendei ao departamento de compras que antes de fechar os negócios, procurasse no mercado produtos com preços mais baixos, mas sem dispensar a qualidade e sempre primando pela licitação. Diminuímos o número de estagiários. Renegociei com a empresa prestadora de telefonia fixa o valor das ligações que se tornaram mais baratas. Não permiti que os gabinetes dos vereadores gastassem valores superiores as cotas com as ligações de telefonia fixa.

Jornal Sexta- Como solucionaste o problema da segurança e vigilância?
Nadim- Fizemos uma readequação no sistema. Nós implantamos os serviços monitorados por câmeras de segurança e alarme. É um serviço moderno e com menor custo financeiro. Os funcionários que faziam a vigilância no horário noturno passaram a trabalhar no período diurno, inclusive nos dias de sessão, no plenário.

Jornal Sexta – Como valorizaste os funcionários da Câmara?
Nadim – Veja bem. Com vistas à valorização dos servidores do legislativo, nós proporcionamos cursos de capacitação e autorizei em 15% o reajuste dos salários dos funcionários da Casa. Além disso, fizemos um convênio com o Instituto de Previdência do Estado (IPERS), para garantir o atendimento de saúde qualificado aos funcionários, extensivo aos aprovados no concurso que realizamos neste ano.

Jornal Sexta – Sabemos que os vereadores utilizam o vale alimentação, vale gasolina e diárias polpudas para viagens. Tu utilizas essas mordomias?
Nadim – Primando pela economia do dinheiro público, NÃO viajo e nem utilizo verbas da Câmara para viagens. Nunca utilizei verbas de combustível e alimentação. Fui o vereador que menos gastou com telefonia fixa. Inclusive, recebi o troféu “Clave de Sol” como destaque político em âmbito estadual, concedido pela Associação dos Empresários do RS, Santa Catarina, Paraná e MERCOSUL, em reconhecimento ao nosso trabalho de vereador gestor.

Jornal Sexta – Quais foram os projetos com destaque na atuação política?
Nadim – Foram muitos, mas os que mais se destacaram foi o concurso que realizei, neste ano, para admissão de funcionários na Câmara; O Procon Municipal; Transparência no Legislativo e Executivo Municipal; Teste do Olhinho e da Orelhinha em recém nascidos; Farmácias 24 Horas. Uma demanda há muito tempo cobrada, adaptamos neste ano, os banheiros da Câmara para dar acessibilidade às pessoas portadores de deficiência. Implantamos o Portal da Transparência on-line, onde as pessoas podem acompanhar todos os trabalhos e os gastos financeiros dos vereadores.

Jornal Sexta – Qual a avaliação que tu faz do governo petista em Viamão?
Nadim- O prefeito Alex (PT) aplica o orçamento em obras não priorizando a vontade popular. Por exemplo, a população quer uma saúde dinâmica e que atenda a contento toda a população. O prefeito diz que tem R$ 43 milhões para aplicar na saúde, e oferece somente R$ 300 mil para o Hospital de Viamão, é porque não tem visão da necessidade da população.

Jornal Sexta – Qual é o teu projeto político para 2012?

Nadim – Eu sou candidato a prefeito de Viamão. O Partido Progressiva (PP) lançou o meu nome como pré-candidato há mais de dois anos. Estou preparado para administrar o município.

NADIM ECONOMIZOU HUM MILHÃO EM 2011 E DEVOLVEU DINHEIRO
 PARA A PREFEITURA GASTAR EM OBRAS PARA A POPULAÇÃO

FEIRA DE NATAL 2011, EM VIAMÃO, ENCERRA COM OFICINA DE RECORTE DE PAPEL

Feira de Natal encerra com oficina
de recorte de papel



Encerrou, na sexta-feira (23), a Feira de Natal da Economia Popular Solidária, realizada na Praça Júlio de Castilhos, no Centro, e na Praça Santa Isabel, na Santa Isabel. O evento ocorria desde a quarta-feira (21) e propôs presentes manufaturados. No seu último dia, os expositores tiveram a oportunidade de participar de uma oficina de recorte de papel, arte japonesa chamada de Kirigami.
De acordo com o professor Rango de Ávila, que ministrou a oficina aos feirantes, a atividade serve como uma segunda fonte de geração de renda. “Quem trabalha com EVA, por exemplo, pode agregar a técnica. É fácil de confeccionar e é produzido com material barato, além de render muito.” Nascido em Santa Maria, mas criado em Viamão, o oficineiro trabalha com a arte de Kirigami desde 2004 e já fez trabalhos envolvendo o município, como recortes da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e do Farol de Itapuã.
Presente no dia de encerramento da Feira de Natal, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ricardo Gross, afirma que a parceria com Rango foi feita em outubro, na Feira Latino-Americana de Artesanato. “Fizemos o convite para o professor vir até Viamão e ensinar essa técnica a nossos feirantes. É algo novo que serve como forma de capacitação.” Gross ainda ressalta que a parceria foi firmada pela relação que Rango tem com a cidade.
Os trabalhos, segundo o professor e o secretário, devem ter continuidade no ano de 2012. “Esse é apenas o começo. Temos projetos futuros que envolvem a técnica e pensamos em abrir a oficina de Kirigami para a comunidade”, encerra Rango.

ASSOCIAÇÃO CRISTÃ VIRANDO O JOGO CHEGA A VIAMÃO

Projeto Virando o Jogo chega a Viamão



A tarde de quinta-feira (23) foi de muita alegria e lazer para os alunos das escolas municipais Araçá, Castelo Branco e Vinte de Setembro. As crianças participaram de uma ação que faz parte de um projeto da Associação Cristã Virando o Jogo, idealizado por Sandro Becker, ex-jogador do Internacional. O evento foi realizado no Vila Ventura, parceiro do programa.

Os alunos que tiraram as melhores notas durante o ano foram escolhidos para fazerem parte do projeto, que tem como objetivo desenvolver atividades esportivas, solidárias, educacionais, culturais, ambientais e sociais. Na ocasião, os estudantes foram presenteados com uma camiseta e uma bola do Virando o Jogo e participaram de um torneio de futebol realizado entre eles.

“Este foi nosso primeiro encontro. A ideia é promovermos o projeto em mais escolas no ano de 2012. A partir do ano que vem, realizaremos encontros mensais com os jogadores que fazem parte do programa”, afirma Becker. Segundo ex-jogador, a ação é uma forma de retribuir às crianças o que o futebol fez por ele. Também presente no encontro, o prefeito Alex Boscaini ressalta a importância do programa. “A Prefeitura de Viamão é parceira desse tipo de projeto, que alimenta a esperança das crianças e proporciona momentos únicos em suas vidas.”

O secretário de Educação, Gilnei Leite, agradeceu às direções das escolas por contribuírem com o projeto, levando os alunos até o Vila Ventura. “Vocês também fazem parte disso. O apoio aos estudantes é essencial para que ações como essa tragam resultados”, completa.

A associação

A Associação Cristã Virando o Jogo, fundada em 13 de novembro de 2009, é uma associação de direito privado, constituída por tempo indeterminado, sem fins econômicos, de caráter organizacional, filantrópico, assistencial, promocional, recreativo e educacional, sem cunho político ou partidário, com a finalidade de atender a sociedade, independente de classe social, nacionalidade, sexo, raça, cor ou crença religiosa.

Tem por finalidade a promoção de eventos culturais e esportivos, arrecadação de artigos esportivos junto aos atletas profissionais como camisetas, bolas, chuteiras, e outros, devidamente legalizados, posteriormente vendidos à pessoas físicas ou jurídicas, que tenham interesse nos mesmos, com a finalidade de angariar fundos, revertidos integralmente para projetos sociais e culturais escolhidos pela Diretoria Executiva e seus associados.

GILSO RIBEIRO PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE VIAMÃO - ASMV

ENTREVISTA COM GILSO:
NOVO PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DE VIAMÃO
 o Jornal Sexta entrevistou, no dia 22 de dezembro de 2011,  o futuro presidente da Associação dos Servidores Municipais de Viamão, Gilso Luiz Machado Ribeiro, 50 anos, fiscal tributário da prefeitura de Viamão, há 14 anos, e pela primeira vez assume a presidência da Associação dos Servidores Municipais de Viamão, numa eleição que conquistou 255 votos.
Gilso assume dia 28 de dezembro de 2011.

Jornal Sexta- Tu sabes o tamanho da dívida da ASMV?
Gilso - Esse valor ninguém sabe. Nem a diretoria que está saindo. O meu primeiro ato será contratar um serviço de auditoria para dar transparência, conhecimento e satisfação dos valores aos sócios e ao comércio em geral.

Jornal Sexta- Como tu pensas em pagar essa dívida?
Gilso- Nós temos que avaliar caso a caso. Vamos, após o resultado da auditoria iremos procurar os credores para renegociar as dívidas. Quero que fique bem claro que a nossa administração vai honrar todas as dívidas contraídas pela ASMV. Os comerciantes, quanto a isso, podem ficar tranquilos.

Jornal Sexta- Há um boato que tu mandaste cancelar todos os convênios no comércio?
Gilso- Ninguém está autorizado a fazer nada em meu nome. Só vou assumir no próximo dia 28 de dezembro. Quando assumir vou honrar os contratos. Mas, se auditoria indicar alguma irregularidade vou levar ao conhecimento do Conselho Deliberativo e Fiscal, antes de tomar alguma medida administrativa.

Jornal Sexta- Qual é a origem da receita da ASMV?
Gilso- Atualmente, não sabemos o número concreto do quadro de sócios em dia. A receita tem duas origens. Uma é através do funcionário associado que contribui com 1% sobre o seu salário básico. A outra tem origem das empresas conveniadas que vendem para os funcionários sócios, e repassam a ASMV um percentual que varia de 3 a 5% sobre as vendas. O somatório dessas receitas gera a renda total da entidade, que hoje se encontra numa caixa preta.

Jornal Sexta- A tua diretoria está agregada a partido político?
Gilso- Não. Eu não sou filiado a nenhum partido político. Há algumas pessoas da minha diretoria que são identificados com partidos políticos, porém entendo que a ASMV é uma entidade apolítica e assim vai se manter, enquanto eu estiver na presidência.

Jornal sexta- O prefeito tem repassado regularmente os valores descontados dos sócios para a ASMV?
Gilso- A secretaria municipal da fazenda tem repassado os valores regularmente para entidade.

Jornal Sexta- Quais são as tuas metas para os próximos dois anos de gestão na ASMV?
Gilso- Primeiro vamos resgatar a credibilidade da ASMV junto ao comércio e ao associado, honrando os compromissos assumidos. Vamos reestruturar e reconstruir a creche que está desativada para que os funcionários possam deixar os seus filhos com segurança. Na sede campestre iremos fazer um diagnóstico para ver da possibilidade de retomarmos as atividades de piscinas, ainda neste verão. Voltaremos a incentivar a cultura gaúcha com a reativação das atividades sociais do CTG Capela Grande.
Também vamos tornar a ASMV uma entidade transparente com prestações de contas periódicas, através de informativo aos associados, para imprensa e pela página do servidor que será criada na Internet, onde o associado ficará sabendo dos seus saldos de cartão e poderá usufruir dos serviços, sem sair de casa.





Legenda da foto:  presidente Gilso (E) e Nei Fernando Boa Nova (Conselho Deliberativo)

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

1ª CONFERÊNCIA DE CULTURA DE VIAMÃO - 2011

1ª Conferência de Cultura de Viamão ocorreu no último sábado


A 1ª Conferência Municipal de Cultura, após a aprovação da Lei Municipal nº 3837/2011, de 28 de março, a qual criou o Conselho Municipal de Cultura (CMC) e do Decreto nº 033/2011, de 11 de agosto, foi promovida pela prefeitura de Viamão, através da Secretaria Municipal de Cultura e Esporte (SMCE), no último sábado (17 de dezembro 2011).
O evento ocorreu no Centro de Formação Walter Graf e teve como objetivo promover o encontro entre a sociedade civil e os representantes do governo municipal, para a construção de propostas de políticas públicas de cultura, que atendam os interesses da comunidade.
Para o secretário de Cultura e Esporte, Alexandre Godoy, a cultura tem uma grande importância para o governo, pois envolve vários segmentos da sociedade. “Nossa conferência é um momento de construção, no qual todos que têm interesse em contribuir podem participar”, completa.
Segundo o prefeito Alex Boscaini, o Fórum Permanente de Cultura de Viamão (FPCV) é um colaborador do poder público e das entidades envolvidas. “Cultura é a expressão da raça humana. Este evento é fruto da dedicação e do desejo de todos os servidores da Cultura, os quais trabalharam e muito para que o mesmo fosse realizado. Parabenizo a secretaria e todos os envolvidos, que com certeza buscam melhorias cada vez mais para Viamão, objetivo de todos.”

Após a abertura oficial, o cerimonial ficou aos cuidados da representante do fórum, Fernanda Figueiró, e do diretor de Cultura, Jorge Siqueira, que desenvolveram os trabalhos até a tarde.


ADÃO PRETO FILHO, PREFEITO ALEX BOSCAINI (PT), ALEXANDRE GODOY E CANDIDO CASTRO


FERNANDA FIGUEIRÓ (E), VALTER NUNES, JORGE SIQUEIRA (D)
Na parte da manhã, ocorreu a posse dos conselheiros titulares e suplentes, que terão um mandato de 2 anos, e é permitida a reeleição uma única vez. Os órgãos e entidades que desejassem se integrar ao conselho deveriam encaminhar solicitação por escrito à SMCE a fim de inscrever-se no Cadastro das Entidades Culturais do Município, atendendo a alguns requisitos: ser uma associação, sindicato ou sociedade, com, no mínimo, 2 anos de comprovada atividade legal no município, sem fins lucrativos, além de serem movimentos culturais ou entidades cujos objetivos representem trabalhadores ou produtores do segmento cultural, ou ainda, que visem desenvolver, divulgar e apoiar a manifestação cultural em um dos segmentos mencionados acima.
Na parte da tarde, foi debatido o Plano Municipal de Cultura e sua isenção no município de Viamão.
Os monitores foram: de artesanato e artes visuais, Djine Klein; de literatura e música, Valter Nunes; de tradicionalismo e matrizes, Cândido Castro; de dança e carnaval, Maria Amorin; e de artes cênicas e patrimônio, Ricardo Baldez.

Mais sobre Cultura
O Fórum Permanente de Cultura de Viamão nasceu de uma diretriz retirada do eixo 5, “Gestão e Institucionalidade da Cultura”, que consta no Relatório da Conferência Municipal de Cultura de Viamão ocorrida em 30 de outubro de 2009. Em 23 de novembro do mesmo ano, foi realizada a primeira reunião oficial, efetivando a sua fundação com a finalidade de auxiliar na criação do Conselho Municipal de Cultura, na elaboração das diretrizes do Plano Municipal de Cultura e discutir a viabilização de todas as formas de manifestações culturais na cidade de Viamão.
Em 23 de novembro de 2011, foi estabelecido que o FPCV deveria sair da informalidade e constituir uma Associação Jurídica devidamente registrada para que os produtores viamonenses de cultura, tenham a oportunidade de constituir formas de viabilizar a cultura municipal.

CINQUENTENÁRIO DE FORMATURA - ETA - 1961/2011 - TÉCNICOS AGRÍCOLAS

No dia 26 de novembro os ex-alunos da turma de 1961 reuniram-se no campus da Escola Técnica de Agricultura de Viamão - ETA - para comemorar o cinquentenário de formatura.
O encontro de ex-colegas foi marcado de muita alegria, histórias de vida e lembranças do passado recente que deixou muita saudade. 
Depois da roda de chimarrão, ao meio-dia, foi servido um apetitoso churrasco.  

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

FELIZ NATAL 2011 - UFRGS

BAIRRO SÃO LUCAS, EM VIAMÃO RECEBE NOVO PONTILHÃO

Reforma concluída em pontilhão da São Lucas


SECRETÁRIO DE OBRAS, MARCOS NOR, (E) E ADÃOZINHO 
A Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) acaba de concluir a reforma do pontilhão que dá acesso às ruas Carlos Gomes e Pastoral, no Bairo São Lucas, em ViamãoA obra foi finalizada nesta quarta-feira (21) e contou com a estruturação do pontilhão toda reconstruída.

Segundo o secretário de Obras, Marcos Nor, essa reforma é um pedido antigo da população e é muito bom estar realizando mais uma melhoria. “O pontilhão era uma grande necessidade, pois é o acesso a duas ruas muito importantes”.

Os materiais utilizados na reforma foram madeiras e toras. A obra elevou a estrutura do pontilhão e aumentou o escoamento das águas, precavendo o transbordamento no caso de chuvas intensas.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

PROJETO ARTE EDUCAÇÃO: LANÇAMENTO DO CD PLANETINHA DE VIAMÃO

Lançamento do CD Planetinha de Viamão
É UM PROJETO DA ARTE EDUCAÇÃO

PREFEITO ALEX BOSCANINI E PROFESSOR BELINE ROMANZZINI
A Secretaria Municipal de Educação (SME) promoveu nesta quinta-feira (15), no Centro de Formação Profissional Walter Graf, o lançamento do CD Planetinha de Viamão. Com o objetivo de incentivar a criatividade artística e musical, e, através desse processo, gerar conhecimento: esse é o objetivo dessa obra, a qual foi produzida pelo músico Beto Hermann, em parceria com alunos de 15 escolas da rede municipal – através do projeto Arte Educação. O evento ocorreu após a reunião de diretores do município.
O disco apresenta 15 músicas, com letras feitas por alunos de 15 escolas da rede municipal de ensino. Cantando sobre folclores, lendas, histórias e o contexto social no qual os alunos estão inseridos. Além disso, outra característica interessante do CD é a capa: a arte foi feita por alunos da escola municipal de ensino fundamental São Jorge.
Na ocasião, o diretor-geral de Educação, Belini Romanzini, entregou ao prefeito uma mostra do trabalho já idealizado. Para ele, iniciativas como essa são de suma importância para todos os viamonenses, pois exalta a história de nosso município. “O CD fala sobre os 270 anos de Viamão, e foi uma colaboração de várias pessoas, que juntas reuniram seus talentos na busca por um produto final maravilhoso.” E ainda afirmou: “Daqui algumas semanas o CD será distribuído nas escolas municipais, para que os alunos e educandos vejam como ficou essa verdadeira obra”.
De acordo com o prefeito Alex Boscaini, é muito gratificante ver Viamão estar sendo homenageada nesse CD. Além de ressaltar o trabalho da SME, que com sua coordenação tornou possível esse projeto, que mostra Viamão e suas belezas, nesses 270 anos de existência. Um coquetel finalizou o evento.

Texto: Tamires Fonseca

Fotos: Kauê Linhares

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

SISTEMA DIGESTIVO QUESTIONÁRIO COM RESPOSTAS

UFRGS - REGESD
Acadêmico: Vilson Antonio Arruda

Questionário- novembro/2011


1. Qual dos seguintes NÃO é um órgão digestório acessório?

a- Dentes

b- Glândulas salivares

c- Fígado

d- Pâncreas

e- esôfago

2. Quando você mastiga um alimento é um exemplo de:

a- Absorção

b- Digestão mecânica

c- Secreção

d- Digestão química

e- Ingestão

3. A maior parte da absorção de água no trato gastrointestinal ocorre no:

a- Estomago

b- Íleo

c- Jejuno

d- Ficado

e- Intestino grosso

4. A bile:

a- É produzida pela vesícula biliar

b- É uma enzima que degrada os carboidratos

c- Emulcifica os triglicerídeos

d- É necessária para absorção dos aminoácidos

e- Entra na luz do intestino na porção do íleo.

5. A finalidade das vilosidades intestinais, no intestino delgado é:

a- Auxiliar no movimento do alimento ao longo do intestino

b- Fagocitar os micróbios

c- Produzir enzimas do sistema digestório

d- Aumentar a área de superfície para absorção de nutrientes digeridos

e- Produzir secreções ácidas

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

ESCOLA MUNICIPAL PADRE RÉUS DE VIAMÃO: GENTE QUE LÊ

Padre Réus homenageia escritora através do projeto "Gente que Lê"




A Escola Municipal Padre Réus iniciou suas atividades na manhã desta segunda-feira (05) com muita animação ao receber o Projeto Gente que Lê, promovido pela prefeitura municipal através da Secretaria Municipal de Educação. Desta vez, a homenageada foi a criadora do projeto e escritora de livros infantis, Marô Barbieri.
Com o propósito de aproximar os escritores e leitores, o Gente que Lê é trabalhado nas escolas em atividades que estimulam a leitura e incentivam o gosto pela escrita nas mais variadas e divertidas formas. É o que conta a diretora da escola Padre Réus, Gilmara Rita Castro. “Receber o projeto nos proporcionou uma nova perspectiva literária. Trouxe toda a magia e a fantasia para a realidade dos nossos alunos, que se interessaram e se encantaram pelas histórias e atividades propostas. O envolvimento foi imenso”, diz. E reforça: “Para contar as histórias é necessário mais do que apenas ler e recontá-las. É preciso adentrar o mundo da literatura e conseguimos fazer isso com muito sucesso.”

O trabalho dos professores com seus alunos obteve, de fato, resultados produtivos e prósperos. Apresentações de música, teatro, textos, desenhos, entre inúmeras atividades, encantaram a escritora Marô, que assistiu a tudo antes de bater um papo com os estudantes.

“É importante mantermos essa proximidade com nossos leitores, é para eles que escrevemos. E é uma forma de mostrarmos como trabalhar com a palavra, mostrar que escrever é bom e agradável. E a escola ainda é o grande polo cultural para apresentarmos as obras de arte que são os livros”, ressalta a criadora e escritora que, através do projeto, pretende formar cidadãos envolvidos e comprometidos com a cultura.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

FÁBRICA DE PANIFICAÇÃO BREAD'S

Fábrica da Bread's, em Viamão,  inaugura "Galpão de Amizades"




-Esquerda - PAULO VALMIR VARGAS (PRESIDENTE DA BRED'S)  PREFEITO ALEX ( DIREITA)
Neste sábado (3/11/2011), a fábrica da empresa Bread´s Indústria de Alimentos Ltda, no Distrito Industrial do Cocão, em Viamão/RS,  inaugurou o espaço denomindo o “Galpão de Amizades da Bread's” – espaço utilizado para confraternizações.

Também estiveram presentes na ocasião o vice-prefeito, Atidor da Cruz, o secretário de Gestão e Relações Institucionais, Robinson Duarte, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ricardo Gross, o secretário de Transportes e Trânsito, Nelson Souza, e o secretário e o diretor-geral de Obras e Viação, Marcos Nor e Paulo Pilo, respectivamente.

A visita começou com um breve discurso do prefeito e do presidente da empresa, Paulo Valmir Vargas. Vargas agradeceu o apoio da prefeitura, e afirmou que a empresa tem visado crescer juntamente com o município de Viamão. “Nós temos 16 anos de história, somos uma das maiores marcas do mundo. E a nossa gestão é focada em Viamão, para gerar emprego e renda para o município, sempre com responsabilidade social, ambiental e de gestão”, disse. O empresário ainda acrescentou que em 2012 a Bread's estará focada em capacitar seus funcionários, e que serão abertas 35 vagas de emprego, através de um convênio com o Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Viamão. Vargas encerrou dizendo que “quanto maior o desenvolvimento da empresa, maior o desenvolvimento do município”.

Boscaini, por sua vez, ressaltou a boa relação entre empresa e administração pública. “Nós damos apoio à empresa, ajudando no seu crescimento, o que acaba trazendo benefícios para o município”, ressaltou. Além disso, de acordo com o prefeito, “a prefeitura dará condições para que a empresa possa crescer”. Em seguida, os presentes fizeram um brinde, para celebrar a nova fase de crescimento da Bread's e, consequentemente, de Viamão.

Depois, foi feito um tour pelas instalações da fábrica, no qual as autoridades municipais conheceram um pouco mais sobre a linha de produção da empresa e seus produtos. De acordo com Vargas, a Bread's tem capacidade de produzir um pão por segundo. Seus produtos estão divididos em quatro linhas: sanduíche, bisnagas, integral e bolo, com uma variedade de 14 itens.

Após o tour pela fábrica, ocorreu o descerramento da placa de inauguração do “Galpão de Amizades da Bread's”, onde foi realizado um churrasco de confraternização, finalizando a visita à empresa.

ASSOCIAÇÃO DOS PRODUTORES RURAIS DO DISTRITO DE ITAPUÃ

Fundada Associação dos Produtores Rurais do Distrito de Itapuã


Fundada, na sexta-feira (02/12/2011), a Associação dos Produtores Rurais do Distrito de Itapuã. A assembleia foi realizada no salão Santo Antônio, em Itapuã, e os trabalhos foram coordenados pelo secretário de Agricultura e Abastecimento, Geraldo Oliveira, que articulou a ação junto aos produtores da região.

Para a diretoria, foram eleitos: Ronilda Abreu dos Santos como presidente; João Cláudio Nunes como vice-presidente; Camila Barbosa como primeira secretária; Nilza Menezes como segunda secretária; Érico Toniolo como primeiro tesoureiro; e Vagner da Silva como segundo tesoureiro. Para fazer parte do Conselho Fiscal, foram eleitos: como titulares, Elmiro Ferreira da Silva, Edgar Giachini e Valdeci Pinto; como suplentes, Alcione Aenlherubattino, Dinair Gonçalves e Clódis da Rocha Gonçalves.

“Foi dado o ponta pé inicial rumo a grandes conquistas e realizações. A união dos produtores é imprescindível para que possamos desenvolver Itapuã”, ressalta o secretário Oliveira. Na ocasião, também estiveram presentes representantes da Emater e da Coopernorte.




SECRETÁRIO DA AGRICULTURA, GERALDO OLIVEIRA, COORDENOU OS TRABALHOS

TURISMO: REVITALIZAÇÃO DAS BICAS EM VIAMÃO

Assinado contrato para revitalização das bicas do município


Texto e fotos: Tamires Fonseca

Na manhã desta quarta-feira (7), o prefeito Alex Boscaini e os secretários de Obras e Viação, Marcos Nor, e de Gestão e Relações Institucionais, Robinson Duarte, se reuniram no Gabinete do Prefeito, para anunciar o ato de início de obras nas bicas do município. As que passarão por reformas serão: a da Santa Isabel, a do centro de Viamão, a da rua Luís Rosseti, e a da Valença.
A empresa ganhadora foi a Osileu (QUEM É OLISEU?)
Segundo o secretário Marcos Nor, o objetivo do ato seria a busca pela preservação de lugares históricos e do meio ambiente. De acordo com o prefeito, “as bicas fazem parte da história do município e nosso intuito é resgatar a memória da cidade. Além disso, essa ação visa também a Copa 2014, sendo as bicas um ponto turístico para visitação”, encerra.

O investimento será de R$ 80 mil, e valorizará a cultura material e natural de Viamão.

VIAMÃO: LANÇAMENTO DA COLETA SELETIVA DE LIXO

Lançamento da Coleta Seletiva foi nesta quarta-feira





A prefeitura de Viamão, através das secretarias de Educação e de Obras e Viação, promoveram nesta quarta-feira (7), o lançamento da Coleta Seletiva. O evento ocorreu na Escola Municipal de Ensino Fundamental Castelo Branco e reuniu o prefeito Alex Boscaini, os secretários de Obras, Marcos Nor, de Educação, Gilnei Leite, e de Gestão e Relações Institucionais, Robinson Duarte. Além da vice-diretora da escola, Suelen Porto, e da presidente da Associação de Educação Ambiental, Nossa Senhora Aparecida, Blanca Alai Menezes.

Segundo Nor, essa campanha tem por objetivo diminuir resíduos de lixo seco, que hoje são destinados ao aterro sanitário, gerar renda e preservar o meio ambiente. “Será uma reestruturação da coleta seletiva do município, e abrangerá os prédios públicos, escolas do município, do estado e particulares. Sendo todos serviços terceirizados”. E ainda ressalta: “Pedimos a colaboração de todos para que esse programa seja um sucesso”.

De acordo com o secretário Leite, a coleta seletiva nada mais é do que separar o lixo seco do orgânico, sendo essa uma ação de suma importância. “Nosso aterro sanitário está cheio e, diariamente, colocamos mais lixo. Daqui a pouco, poderemos não ter mais onde depositar o lixo da população de Viamão, e isso pode gerar muitos problemas. Estamos propondo uma nova alternativa que deve ser aderida por todos, desde as crianças, que é nosso dever orientar, até seus pais, os quais estão, muitas vezes, acostumados a não colaborar com a natureza. Antigamente, isso não era uma preocupação, mas hoje é.” E ainda complementa: “O senso de responsabilidade tem que existir dentro de cada um de nós”.

O prefeito Alex Boscaini acrescentou algumas considerações. “A prefeitura de Viamão tomou para si, mais uma vez, a obrigação de colocar em cada escola os contâiners, os quais contribuirão para a preservação da natureza e a beleza de nossa cidade. Nós estamos aproveitando aqui um programa já existente e o reestruturamos, com um custo de R$ 60 mil.”

A turma 40, da escola Castelo Branco, realizou no final da cerimônia, uma apresentação artística sobre a Coleta Seletiva, a qual demonstrou que o programa já está gerando conscientização, mesmo antes do seu lançamento. Além disso, os alunos do 4º ao 9º ano realizaram oficinas, através do Projeto Mais Educação, com produtos reciclados. Entre as obras estiveram: boliche de garrafa pet, tartarugas, vai e vem, biboquê, enfeites natalinos, pé de lata, entre outros brinquedos e jogos feitos de materiais reciclados.

Texto: Tamires Fonseca

Fotos: Markus Vargas

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

UFRGS REALIZA CAMPANHA PARA COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA 2011

A UFRGS realiza, através do Gabinete do Reitor e com o apoio da Coordenadoria de Gestão Ambiental, a campanha Coleta Seletiva Solidária 2011. O objetivo é arrecadar, em todas as Unidades de Ensino e Órgãos da Administração Central, livros, roupas, brinquedos e alimentos não perecíveis. Essas doações serão destinadas aos trabalhadores das unidades de triagem que recolhem os resíduos da UFRGS: Associação dos Trabalhadores da Unidade de Triagem do Hospital Psiquiátrico São Pedro (Atut) e Centro de Triagem da Vila Pinto (CTVP), além de outras associações e cooperativas, através de doação à Federação das Associações e Cooperativas de Catadores e Recicladores do RS. A Campanha conta com o engajamento dos agentes ambientais da Universidade.
Faça sua doação nas Unidades Acadêmicas e no saguão da Reitoria até o dia 10 de dezembro.
Campanha Coleta Seletiva Solidária 2011
Seu gesto faz a diferença!


Comissão Coordenadora

Prefeito consegue firmar parceria com Daer e implantará sinaleiras na ERS 118 e ERS 040

Prefeito de Viamão/RS consegue firmar parceria
com Daer e implantará sinaleiras na ERS 118 e ERS 040


Finalmente as tratativas do município e Estado chegam a um acordo. Após inúmeros encontros e reuniões propostas pelo prefeito Alex Boscaini, onde a Promotoria de Justiça teve também que intervir para que o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) desse uma resposta positiva aos entroncamentos da ERS 118 com a avenida José Garibaldi e rua Bento Gonçalves, a boa notícia saiu na tarde de quarta-feira, dia 30 de novembro. Depois de cerca de duas horas de reunião, o Daer firmou uma parceria com a Prefeitura de Viamão e se compromete em iniciar as obras em 10 dias, ou seja, até o dia 10 de dezembro.

Com a parceria, a prefeitura, que já havia se comprometido arcar com as despesas de compra, instalação e manutenção das sinaleiras, também fará o passeio público e colocará o meio-fio no local. “Saio feliz desse encontro, pois levo uma boa notícia para toda a população. Um dos pontos mais críticos de acidentes no nosso município receberá atenção por parte do Estado, gestor dessa via”, exclama. De acordo com Boscaini, essa questão já está em discussão desde que assumiu a sua gestão, há sete anos. A promotora Anelise Grehs Stifelman testemunhou o acordo e também saiu aliviada. “Não podemos mais permitir que vidas sejam perdidas pela morosidade do sistema.”

Também acompanharanm a reunião no Daer os secretários de Transportes e Trânsito, Nelson Souza, e de Gestão e Relações Institucionais, Robinson Duarte, o diretor de Trânsito Mauro Alves, os vereadores Romer Guex e Sergio Kumpfer, e, representando a comunidade, Ricardo Favilla e Luiz Carlos Nunes (Passarinho).

Entenda melhor:

- Desde 2002 existe um projeto no Daer de rotatória para o entroncamento de ERS 118 com a avenida José Garibaldi;

- Desde 2005, quando o prefeito Alex Boscaini assumiu a prefeitura, está gestionando junto ao Estado uma solução para aquele entroncamento, local onde já aconteceram inúmeros acidentes, se colocando à disposição para negociação e parceria;

- Neste ano aconteceram diversos protestos da comunidade no local, tentando sensibilizar o Estado.

Escola Farroupilha

Paralela a esta reunião, o prefeito Alex Boscaini, acompanhado dos secretários de Transportes e Trânsito, Nelson Souza, e de Gestão e Relações Institucionais, Robinson Duarte, e da comitiva de pais e professores liderada pelo diretor da Escola Estadual Farroupilha, Paulo Ricardo Fraga, entregou o convênio proposto pelo Daer, já assinado por ele, ao jurídico da autarquia. Agora o próximo passo é a publicação do convênio no Diário Oficial para que o projeto seja encaminhado ao governo municipal e o mesmo possa comprar as sinaleiras.

Entenda melhor:

- Dia 17 de novembro - atropelamento de três alunas que estavam no canteiro central da ERS 040, em frente à escola estadual Farroupilha. Uma delas sofreu traumatismo craniano e morreu no dia 28 de novembro.

- Dia 23 de novembro – direção da escola estadual Farroupilha faz uma reunião com os pais e forma uma comissão para buscar mais segurança na rodovia.

- Dia 29 de novembro – na primeira reunião com o prefeito Alex Boscaini, o mesmo mostra-se preocupado e assina convênio proposto pelo Daer para a instalação de sinaleira no local.

- Dia 30 de novembro – o prefeito Alex Boscaini e os secretários de Transportes e Trânsito, Nelson Souza, e de Gestão e Relações Institucionais, Robinson Duarte, e a comissão levam o convênio assinado para o Daer assinar e publicar no Diário Oficial do Estado. No convênio, a prefeitura fica responsável pela compra, implantação e manutenção do semáforo, em frente à escola estadual Farroupilha, na parada 53 da ERS 040, por um período de 60 meses.

NONA FEIRA LITERÁRIA DE VIAMÃO

Show musical encerra 9ª Feira Literária


Depois de três dias inteiros de atividades, chegou ao fim a 9ª Feira Literária de Viamão. O encerramento foi no sábado (26) com o show do cantor Marcelo Valêncio, que se apresentou no palco principal, localizado no Calçadão Tapir Rocha.

A primeira atividade da programação de sábado foi a contação da história “O homem sem sorte”, com o personagem Tertulino Brandão, que escolheu algumas crianças da plateia para participarem das brincadeiras. A apresentação teatral “Lili inventa o mundo” veio logo em seguida e animou o público que assistia. O espetáculo, realizado pelo grupo Máschara, de Cruz Alta, reúne poesias de Mario Quintana.

No mini-auditório da Secretaria Municipal de Educação (SME), enquanto a programação ocorria no palco principal, alunos da escola Zeferino Lopes assistiram a apresentações de fantoches realizadas pelo grupo Mostra Pedagógica.

O espetáculo “O livro de histórias”, apresentado por alunos da escola Alberto Pasqualini, também fez parte da programação do último dia de evento. A escola ainda participou com a sua banda, que tocou músicas de Luan Santana e Chimarruts, encerrando as atividades da manhã.

Mágica e música encerram a Feira Literária
As atividades do turno da tarde começaram com Tertulino Brandão interagindo com o público. Com a ajuda de integrantes da plateia, que interpretaram personagens, Brandão contou histórias. Em seguida, o grupo Máschara reapresentou a peça “Lili inventa o mundo”.

Durante os intervalos de cada atração, Tertulino Brandão repetiu sua performance, com dinâmicas e brincadeiras. Após a apresentação do grupo Máschara, ele chamou integrantes da plateia ao palco, para uma prova de efetuar tarefas. As crianças tiveram que, por exemplo, levar membros da SME ao palco. Todas que participaram das brincadeiras ganharam livros. Além disso, Brandão contou a história “O Galinheiro de Bartolomeu”, de Christina Dias.

Dando continuidade às atrações do último dia da feira, os alunos da escola municipal Vereador Valneri Antunes realizaram uma apresentação de dança afro. Depois, contaram um pouco da história de Viamão. Simultaneamente a essa apresentação, foram distribuídas edições de um jornal produzido pelos alunos da escola.

O final do dia na Feira Literária foi de música e mágica. Primeiro, a banda Paradise 51, composta por alunos da escola municipal Farroupilha, se apresentaram. Em seguida, o integrante do grupo Vivandeiros da Alegria, Cris Keyne, fez um show de mágica, que com muito bom humor e interação com o público, encantou e surpreendeu a todos.

O show de Marcelo Valêncio encerrou a nona edição da Feira Literária de Viamão. Cantando músicas de Luan Santana, além de sucessos como “Fugidinha”, a atração final do evento fez o público dançar e cantar junto. Em seguida, o secretário de Educação, Gilnei Leite, finalizou de forma oficial o evento. O secretário agradeceu a presença de todos e ressaltou o trabalho realizado pelos envolvidos na organização da feira, além das escolas, artistas e demais entidades parceiras da SME. “Sem o trabalho em conjunto e o apoio e presença da população, essa festa não teria o brilho que teve. Esta foi, sem dúvida, a maior feira literária que já tivemos. Vamos trabalhar para que a próxima seja ainda melhor.”




 


ÓI NÓIS AQUI TRAVEIZ EM VIAMÃO - BAIRRO SANTA ISABEL

Ói nóis aqui traveiz” na praça Santa Isabel


Dentro da programação do Cidade Natal, a prefeitura de Viamão trouxe o grupo Ói Nóis Aqui Traveiz com o espetáculo “O Amargo Santo da Purificação”, uma visão alegórica e barroca da vida, paixão e morte do revolucionário Carlos Marighella. O evento foi realizado na Santa Isabel. A peça retrata acontecimentos em nosso país no século XX, tais como o Estado Novo e o Regime Militar. A história é conduzida por poemas de Carlos Marighella transformados em canções. O espetáculo é dedicado à memória de todos os mortos e desaparecidos políticos, que lutaram contra a ditadura militar em nome da liberdade e da justiça social para todos os brasileiros. A iniciativa foi da Secretaria Municipal de Cultura e Esporte.

A encenação coletiva para teatro de rua, com 25 integrantes, conta a história de um herói popular que os setores dominantes tentaram banir da cena nacional durante décadas. Na sequência de 12 cenas, o público assiste momentos importantes desta trajetória: origens na Bahia, juventude, poesia, ditadura do Estado Novo, resistência, prisão, Democracia Constituinte, clandestinidade, Ditadura Militar, luta armada, morte em emboscada e o resgate histórico, buscando um retrato humano do que foi o Brasil no século XX. É uma história de coragem e ousadia, perseverança e firmeza em todas as convicções. A coerência dos ideais socialistas atravessando uma vida generosa e combatente, de ponta a ponta. Marighella não abdicou ao direito de sonhar com um mundo livre de todas as opressões. Viveu, lutou e morreu por esse sonho.

A dramaturgia elaborada pela Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz parte dos poemas escritos por Carlos Marighelle, que transformados em canções, são fio condutor para a narrativa. Usando a plasticidade das máscaras, de elementos da cultura afro-brasileira e figurinos com fortes signos, a encenação cria uma fusão do ritual com o teatro de dança. Através de uma estética ‘glauberiana’, o Ói Nóis Aqui Traveiz leva para as ruas uma abordagem épica das aspirações de liberdade e justiça do povo brasileiro.

Para o diretor-geral da secretaria de Cultura, Adão Pretto, o objetivo é levar cultura ao povo de Viamão. “São pessoas que não têm oportunidade, muitas vezes, de pagar um ingresso, para assistir a uma peça de teatro ou até mesmo cinema. Por isso, é importante a iniciativa do governo municipal. Isso é a democratização da arte”, explica Pretto.









RELATÓRIO DE BOTÂNICA SAÍDA DE CAMPO - UFRGS

UFRGS - REGESD

DISCIPLINA DE BOTÂNICA II

PROFESSOR: PAULO BRACK
TUTORA: JOSIELMA MACEDO

ALUNO: Vilson Antonio da Costa Arruda - 0178662 – Pólo: POA

Texto e fotos de Vilson Arruda


Saída de Campo: 29/10/2011 (sábado) a 30/10/2011 (domingo).







Acadêmicos da UFRGS e UCS (REGESD) numa saída

de campo no Litoral Norte do RS para reconhecimento das plantas espermatófitas (mono e dicotiledôneas) e gimnospermas, suas características, identificação, estruturas de reprodução, adaptações e sustentabilidade.



Litoral Norte

Municípios: Arroio do Sal, Balneário Pinhal, Capão da Canoa, Caraá, Cidreira, Dom Pedro de Alcântara, Imbé, Itati, Mampituba, Maquiné, Morrinhos do Sul, Osório, Riozinho, Rolante, Santo Antônio da Patrulha, Terra de Areia, Torres, Tramandaí, Três Cachoeiras, Três Forquilhas e Xangrilá.



Área total: 5.358km2



Na saída de campo constatamos que nesta região existe grande riqueza em biodiversidade associada aos variados ambientes existentes – desde o mar, com suas marismas e dunas, às lagoas e banhados litorâneos, até a encosta da serra, onde se encontra a floresta atlântica. Esta área do RS abriga a maior quantidade de Unidades de Conservação. A flora apresenta espécies como a figueira-do-mato, o palmiteiro, a bananeira-do-mato, as bromélias e as orquídeas (mais de 200 espécies). As dunas, as matas de restinga e os butiazais estão entre os ecossistemas mais ameaçados do Estado pela expansão urbana e pela exploração agrícola. Como exemplo de fauna ameaçada está o tuco-tuco-branco, a lagartixa-das-dunas, o gato-palheiro, entre outros. Além disso, são encontradas pelo menos 300 espécies de aves e, nos rios, diversas espécies de peixes endêmicos.

Constata-se que ao longo dos anos ocorreram desmatamentos da floresta que cede lugar a uma clareira sem mata em detrimento da sustentabilidade...



1-VISITAÇÃO: FEPAGRO

RS 484 - km 05 – 300 ha de floresta preservada



Na primeira parada na floresta litorânea da Mata Atlântica, na encosta da Serra, no município de Maquiné, (Fepagro) tivemos a oportunidade de observar as espermatófitas, suas características e as diferenças estruturais entre Angiospermas e Gimnospermas.

Floresta visitada na FEPAGRO:

Floresta Ombrófila Densa – Atlântica de Encosta (Floresta Ombrófila Densa), na face sudeste do Morro Maquiné (150 m.s.m.), no município de Maquiné, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul (29º42’30’’ S e 50º09’00’’ W).

Clima: na região é do tipo Cfa ou subtropical úmido, segundo a classificação de Köppen.

Temperatura média anual de Maquiné é de 19ºC, com médias mensais variando entre 15,3ºC e 24,5ºC, sendo a precipitação total anual de 1.654 mm (IPAGRO, 1989).

O termo criado por Ellemberg & Mueller-Dombois (1965/6) substituiu Pluvial (de origem latina) por Ombrófila (de origem grega), ambos com o mesmo significado “amigo das chuvas”.

Sua principal característica ecológica reside nos ambientes ombrófilos, relacionada com os índices termos pluviométricos mais elevados da região litorânea. A precipitação bem distribuída durante o ano determina uma situação bioecológica praticamente sem período seco.

Esta vegetação apresenta três estratos definidos, o superior formado por espécies dominantes como o tanheiro (Alchornea triplinervia), o angico (Parapiptadenia rígida), a canela-preta (Ocotea catharinensis), entre outras. No estrato intermediário destaca-se a ocorrência do palmito (Euterpe edulis), espécie ameaçada de extinção no RS e no estrato arbustivo são encontradas inúmeras espécies, como a samambaia preta (Hemitelia setosa) e o xaxim (Dicksonia sellowiana).



Os cones são estróbilos femininos e os menores são estróbilos masculinos do gênero Pinus.



O professor Paulo nos mostrou exemplares de espermatófitas fanerógamas (angiospermas e gimnospermas) e verificamos que elas têm raízes, caules, flores e sementes. Nas angiospermas (Caquizeiro) há presença de frutos, mas constatamos que nas Gimnospermas não há presença de frutos. As sementes nuas são observadas na Araucaria angustifólia (família araucariaceae), nativa e dióica de polinização anemocória de clima frio. Já o Pinus elliotti (família pinaceae) exótica do hemisfério norte e monóica, observamos que as sementes nuas são originadas de uma inflorescência que origina esporos. Ao contrário das flores das angiospermas, nas gimnospermas não se encontram estames ou carpelos.



As folhas da araucária e do pinus são denominadas de acículas pontudas, porém no Pinus a folha é segmentada, cilíndrica, de cor verde clara e muito estreita, enquanto na araucária a folha é de cor verde intensa, com o limbo inteiro e estreitando de forma afilada na direção do ápice. Os caules de ambas as árvores são eretos e escamosos. Esses vegetais produzem uma espécie de resina aproveitada na indústria química. A madeira é utilizada na indústria moveleira e para lenha.





Esporófito de Araucária e sementes (pinhão)



O professor mostrando uma Casuarina (família casuarinaceae) disse que tem alguma semelhança com os Pinus, porém são plantas Angiospermas e as folhas não são do tipo acículas.





Casuarina



Verificamos que sobre o caule das árvores citadas, existe algumas epífitas como a bromélia cravo-do-mato (família bromeláceae); cipó-cabeludo (pteridófita); barba-de-pau - Tillandsia usneoides (angiosperma).



Epífita (bromélia Cravo-do-mato) Taioba monocotiledônea



Observamos na floresta, plantas angiospermas com flores simples e com carpelos vistosos e também algumas com inflorescências.



A Taioba - Xanthosoma sagittifolium - (angiosperma monocotiledônea que é apreciada pelos cozinheiros); Caquizeiro (angiosperma monocotiledônea); Radite-do-mato (inflorescên cia tipo capítulo; Almeirão do campo (Hypochaeris radicata L - família Asteraceae).



Caquizeiro em flor

Após, fomos recebidos pelo Biólogo Gabriel Poester (UFRGS) da Anama (Ação Nascente Maquiné) que revelou os 04 eixos da ação que a ONG desenvolve na região de Maquiné e arredores e mantém um projeto sustentável da biodiversidade da flora e fauna com a Petrobrás. Mostrou o projeto de criação de abelhas nativas com finalidade de polinização de plantas nativas da floresta.

Eixos do projeto:

1- Recuperação da mata ciliar;

2- Desassoreamento do Rio Maquiné;

3- Criação e incentivo de abelhas nativas como polinizadores de plantas nativas;

4- Comunicação e divulgação de como recuperar áreas degradadas.



2-VISITAÇÃO MARGEM DO RIO NEGRO

Município de Morrinhos do Sul

A área visitada localiza-se a uma latitude 29º21'54" ao sul e a uma longitude 49º56'05" a oeste, estando a uma altitude de 180 metros do nível do mar, ou seja, 30 metros mais alto do que Maquiné.

Visitamos a mata atlântida na encosta da Serra Geral na borda do planalto meridional.

O professor Paulo aproveitou a oportunidade para diferenciar Serra Geral de Serra do Mar.

A Serra Geral tem origem de derrame de material basáltico, enquanto que a Serra do Mar tem origem por derrame de material granítico.

Observamos na margem do Rio Negro uma floresta que apresenta uma vegetação populacional densa de angiospermas como a Guabiroba da mata (Mirtácea) com folhas opostas; Imbira (Família Thymelaeaceae) com fruto pseudodrupa ovóide, lisa, tomentosa a glabrescente, vermelho-alaranjada, com polpa suculenta (LORENZI, 2009, p. 359); Bananeira-do-mato com inflorescência protegida por uma bráctea vermelha, polinizada pelos beija-flores; Cactus epífitos com ramos achatados e profundamente lobados sem espinhos; Canela amarela (Lauráceae) muito utilizada na indústria moveleira, com folhas alternas helicoidais e limbo lanceolado; Canjerana (família Meliaceae com fruto carnoso deiscente.), Carobinha; Chau-chau; Ipe verde (Bibonnaceae) e Samambaia preta.



DESCANSO:

Eu e os colegas pernoitamos na área de lazer da UFRGS na cidade de Capão Novo. Fizemos um churrasco de confraternização entre alunos acadêmicos e professores.



3-VISITAÇÃO PARQUE MUNICIPAL TUPANCI

Município de Arroio do Sal - Rondinha

Nesta área visitamos o Parque Municipal Tupanci que tem uma área de 12 hectares. Nas ruas arredores do parque observamos uma vegetação litorânea rasteira e arbustiva.

Observamos a flor tetrâmera da planta Minuana chamada de diplostemone (dicotiledônea que apresenta 4 pétalas, 8 estames); Bibi do campo (isogostemone); Camaradinha; Arisco do campo; Baleeira (gênero cordia e família Boraginceae); Roseta; Pega-pega; Tiririca; Gamoqueta; Carrapicho do campo; Salsinha do campo; Erva capitão; Ibisco com flores vermelhas abertas; Malvavisco com flores fechadas; Soldanela d’água (planta de banhado); Buva (planta resistente ao herbicida Glifosato);



Flor a Minuana (dicotiledônea)

4-VISITAÇÃO PARQUE ESTADUAL DE ITAPEVA

Município de Torres

Tem uma área de planície costeira de restinga com solo arenoso e paludosa. Uma espécie de Savana. Observa-se presença de turva. Antigamente, era um banhado que por sucessão formou-se uma mata arbustiva com coqueiros, Banana do mato ( com brácteas vermelhas e imbricadas); Samambaia preta, cactus arumbeva; epífitas (orquídea arbustiva e raiz velame);



Brácteas imbricadas da Banana do mato

5-VISITAÇÃO SITIO DO PROFESSOR BATISTA DA UFRGS

Município de Dom Pedro de Alcântara.

Observamos a Pixirica, Taquara Açú florescendo, Pindaíba; Pau de candeia; Tanheiro Gay; Canela funcho ou sasafraz, produz uma óleo – safrol- tem raiz tabulares; Figueira de folha miúda ou gameleira com raiz tabulares é uma árvore emergente; Olho de cabra semente preta e branca; Samambaia das taperas é uma planta cosmopolita que indica solos muito ácidos; Jacobínia com flor rósea; Ingazeiro (é uma leguminosa do gênero ingá com presença de pulvino na base da folha composta e raque alada); Bicuiba semente vermelha e disseminada pelo Tucano.



Inflorescência de Taquara. Semente e folha da Bicuiba



Flor de Jacobínia Folha do Ingazeiro com raque alada







Samambaia da Taperas





ASSUNTO ESPECÍFICO



Araucaria angustifolia (Araucaria)

O gênero Araucária L. Jussieu, cuja origem remonta há cerca de 200 milhões de anos,

A espécie Araucaria angustifolia é nativa do Brasil.

A sua exploração indiscriminada colocou-a na lista oficial das espécies da flora brasileira ameaçadas de extinção (Brasil, 1992). Dos 20 milhões de hectares originalmente cobertos pela Floresta de Araucária, restam, atualmente, cerca de 2% dessa área. Particularmente no Estado do Paraná, as serrarias e o uso industrial foram as principais responsáveis pelo desmatamento (Gurgel Filho, 1990).

Atualmente, a modalidade de conservação in situ é a que apresenta maiores dificuldades para ser executada, não apenas pela fragmentação das populações naturais e pelo longo ciclo reprodutivo (a produção de sementes normalmente ocorre após 15 a 20 anos de idade), mas principalmente pela pressão de ocupação do meio rural.

Taxonomia

Ordem: Coniferae

Classe: Coniferopsida

Família: Araucariaceae

Espécie: Araucaria angustifolia (Bertoloni) Otto Kuntze.

Nome comum: Pinheiro-do-Paraná, Pinheiro-Brasileiro, Brazilian Pine

Informações Botânicas

A) Reprodução:

É uma planta dióica (segundo, o professor Paulo Brack- UFRGS - há árvores femininas e masculinas). Há predominância de pinheiros masculinos tanto em áreas de ocorrência natural, como em plantios (Bandel & Gurgel, 1967). A floração feminina ocorre o ano todo; já a masculina ocorre de agosto a janeiro.

A polinização é predominantemente anemocórica (pelo vento) e, dois anos após esse evento, as pinhas amadurecem.



Cone de Pólen

Em plantios, a produção de sementes (pinhões) se inicia entre 10 e 15 anos; enquanto que nas populações naturais, essa fase se inicia a partir do vigésimo ano. Iniciado a produção de sementes, a árvore produz em média 40 pinhas por ano ao longo de toda sua vida (mais de 200 anos).

A Araucária é perenifólia, com altura variando de 10 a 35 m e DAP entre 50 e 120 cm, quando adulta. O tronco é reto e quase cilíndrico; se ramificando em pseudo-verticilos, com acículas simples, alternas, espiraladas, lineares a lanceoladas, coriáceas, podendo chegar a 6 cm de comprimento por 1 cm de largura. Possui casca grossa (até 10 cm de espessura), de cor marrom-arroxeada, persistente, áspera e rugosa.



Acículas

As flores são dióicas, sendo as femininas em estróbilo, conhecida popularmente como pinha e as masculinas são cilíndricas, alongadas e com escamas coriáceas, tendo comprimento variando entre 10 e 22 cm e diâmetro entre 2 e 5 cm.

Os pseudofrutos ficam agrupados na pinha que, quando madura, chega a pesar até 5kg. Cada quilograma contém cerca de 150 sementes, que perdem a viabilidade gradualmente em 120 dias.

Os pinhões são ricos em reservas energéticas (57% de amido) e em aminoácidos.

Ecologia

O pinheiro-do-paraná, quanto ao grupo sucessional, é uma espécie pioneira e heliófila, que se estende sobre os campos, formando novos capoeirões, mas sendo beneficiada por leve sombreamento na fase de germinação e crescimento até 2 anos (Reitz e Klein,1966).

Mesmo sendo uma espécie exclusiva da Floresta Ombrófila Mista, o pinheiro-do-paraná ocorre em áreas de tensão ecológica com a Floresta Estacional Semidecidual e Floresta Ombrófila Densa, bem como em refúgios na Serra do Mar e Serra da Mantiqueira. No decorrer dos períodos geológicos, a A. angustifolia apresentou dispersão geográfica bastante diversa da atual, pois foram encontrados fósseis no Nordeste brasileiro (IBGE, 1992).

A araucária interage intensamente com a fauna, que constitui um elemento muito importante para a dispersão das sementes. Entre estes animais destacam-se os roedores e as aves. Alberts (1992) cita, entre os roedores, as cotias, as pacas, os ouriços, os camundongos e os esquilos. Entre as aves são citados o papagaio-de-peito-roxo (Solórzano ,1999), a gralha-picaça e, em Minas Gerais, Bustamante (1948) cita os airus, a gralha azul e os tucanos.



Gralha Azul

Madeira

A coloração da madeira é branco-amarelada e bastante uniforme, sendo o alburno pouco diferenciado do cerne. A textura é fina e uniforme e a grã é direita.

A madeira é facilmente atacada por fungos apodrecedores e cupins, porém é altamente permeável aos preservativos, facilitando o tratamento da madeira.

Usos Não-Madeireiros

A) Artesanato: o nó da madeira pode ser utilizado para confecção de utensílios domésticos, bem como matéria-prima para esculturas.

B) Uso medicinal: o costume popular indica que o pinhão combate azia, anemia e debilidade do organismo. As folhas cozidas são usadas no combate à anemia e tumores provocados por distúrbios linfáticos (Franco & Fontana, 1997). A infusão da casca mergulhada em álcool é empregada para tratar “cobreiro”, reumatismo, varizes e distensões musculares (Carvalho, 1994).

C) Recuperação de área degradada: utilizada para recomposição de mata ciliar, desde que o local não sofra inundações.

D) Alimentação: os pinhões constituem um alimento muito nutritivo e energético para alimentação humana, assim como para a fauna silvestre. No Estado do Paraná também é comum alimentar porcos domésticos com pinhões (Carvalho, 1994).

Aspectos Gerais:

A araucária apresenta adaptabilidade satisfatória às condições de luminosidade em plantios a pleno sol. Porém, o melhor desenvolvimento é alcançado quando, no período juvenil, as mudas são cultivadas em condições de sombreamento. Quando adulta, a espécie é fundamentalmente heliófita.

O pinheiro-do-paraná tolera baixas temperaturas de até -5°C.

A poda é indicada a partir do terceiro ano de plantio, caso a madeira seja destinada à laminação ou quando o DAP atingir 10 cm na inserção dos galhos. A desrama natural não é suficiente para obter madeira de boa qualidade e sem nós, sendo necessária a desrama artificial (Hosokawa, 1976).

A regeneração do pinheiro-do-paraná é mais eficiente expondo-se as mudas a pleno sol e em solos de boa fertilidade, porém, algumas práticas silviculturais potencializam o desenvolvimento das plantas, quando adequadas ao sistema de implantação, tais como:.

C) Regeneração natural

Por se tratar de uma espécie heliófila, recomenda-se a abertura do dossel para aumentar a luminosidade no interior da capoeira, favorecendo o crescimento da araucária.

A A. angustifolia apresenta crescimento lento até o terceiro ano. A partir de então, o incremento corrente anual em altura é de 1 m, em condições adequadas e, após o quinto ano, o incremento. em diâmetro é de 1,5 a 2,0 cm. Segundo Webb et al. (1984), o incremento volumétrico anual médio varia de 7 a 23 m³/ha/ano.

Pragas e Doenças

Dentre as pragas que atacam a araucária, os Lepidópteros são as mais agressivas. Dentre tais insetos, destacam-se: Cydia araucariae (danificam principalmente as sementes); Dirphia araucariae (destroem as acículas); Elasmopalpus lignosellus (lesiona o colo das plantas jovens); Fulgurodes sartinaria (destroem as acículas).

Os fungos são os principais causadores de doenças no pinheiro-do-paraná. Entre os quais, destacam-se: Armillaria mellea (provoca armilariose); Cylindrocladium sp. (ataca plantas adultas, provocando amarelecimento e secando-as); Diplodia pinea (causa podridão) e Rosellinia bunodes (ataca plantas adultas, causando podridão-negra).

Aspectos Mesológicos

A) Clima

Precipitação média anual: de 1400 a 2000 mm na Região Sul, com distribuição uniforme de chuvas e de 1200 a 2000 mm para a Região Sudeste, com chuvas concentradas no verão.

Se ambienta bem em temperatura média anual: de 13,2°C (São Joaquim-SC) a 21,4°C (Cianorte-PR).

Tipos climáticos de ocorrência: Clima tropical úmido, Clima subtropical úmido e Clima subtropical de altitude.

B) Solo

A Araucaria angustifolia é uma espécie muito exigente em condições de fertilidade e física do solo, principalmente para o fator profundidade. Os solos adequados para o cultivo do pinheiro-do-paraná são, portanto, os Latossolos Vermelhos com horizonte A bem desenvolvido, altos teores de cálcio e magnésio, profundos, friáveis, porosos, bem drenados, com boa capacidade de retenção de água e textura franca a argilosa (Hoogh, 1981).



REFERÊNCIAS:

http://www.infopedia.pt/$casuarina

http://www.esalq.usp.br/trilhas/palm/palm21.php

http://www.ipef.br/identificacao/euterpe.edulis.asp



http://www.biodiversidade.rs.gov.br/arquivos/1161787177FOLDER.pdf

AGENTES DE SAÚDE DE VIAMÃO DENUNCIAM PREFEITO ALEX BOSCAINI (PT)

Por Vilson Arruda Filho
A relação entre os agentes comunitários de saúde e a Prefeitura de Viamão estão estremecidas desde a criação da lei 13,350/2006, que regulamenta as formas de contrato e as atividades da profissão. Enquanto as pendengas são discutidas no âmbito jurídico a população de Viamão está desassistida e prejudicada, principalmente, o povo mais carente do município. Entre as atribuições dos agentes de saúde as visitas domiciliares periódicas para monitoramento de situações de risco à família com a finalidade de promover a melhor qualidade de vida para a população, são as mais específicas.


Em 1999, no governo do PT, a contratação via CLT dos 60 agentes de saúde pela Prefeitura de Viamão foi realizada através de uma terceirização com a Associação Orieta que realizou o concurso supervisionado pela Secretaria Estadual da Saúde. No entanto, anos mais tarde, o Ministério Público questionou essa forma de contratação e propôs, ao já então, prefeito Alex Boscaini um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para que num prazo de 90 dias o prefeito realiza-se o concurso público para preencher essas vagas. O prefeito sem maiores explicações desfez o contrato com a Associação Orieta e passou os contratados (CLT) para a Fundação de Apoio da Universidade do Rio Grande do Sul (FAURGS).

Não cumprindo os prazos e pressionado pelo Ministério Público em 2011, o prefeito Alex demitiu todos os agentes de saúde. “Nós somos protegidos pela transição porque está previsto na lei que os agentes comunitários de saúde que ingressaram no município até outubro de 2006 são absorvidos diretamente pela prefeitura contratante em regime celetista, pois já passamos por uma prova de seleção”, ressaltou Marines da Silva Rodrigues de Oliveira, Diretora Geral do Sindacs/RS.

“Nós estamos sempre submetidas à pressão política, e acreditamos que o prefeito Alex nos demitiu porque não se submetemos a fazer política partidária” revelou Sara Jane Gomes uma das agentes de saúde contratadas em 1999, que completou salientando “que levam muito a sério os seus serviços”. Ela denuncia que na última eleição ocorreu muita pressão aos agentes, tendo em vista que eles atendem muitos domicílios e a administração quer transformar isso em votos. “Na época da última eleição, os coordenadores da Secretaria Municipal Saúde nos pressionaram para fazer a campanha para o prefeito, e quem não fizesse teria que justificar numa reunião realizada na Escola Walter Graff”, completou Gomes.

A diretora do Sindicato, Marines, disse que o prefeito é intransigente e nunca negociou com a categoria e na tentativa de driblar mais uma vez o concurso público, o prefeito Alex de forma astuta e descumprindo a Constituição Federal encaminhou, no primeiro semestre deste ano, um projeto de lei a Câmara de Vereadores que aprovou a contratação através da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP). A Fundação Caminho do Meio (Budista) já tinha realizado as inscrições e a seleção por entrevista e currículo. Para surpresa dos agentes demitidos em massa pela prefeitura, mesmo inscritos e com experiência não foram selecionados. “Tivemos a impressão que a seleção foi direcionada,por isso ingressamos mais uma vez na Justiça e o Ministério Público suspendeu a contratação via esta OSCIP acreditando nas denúncias da ilegalidade do ato administrativo do prefeito“, esclareceu Sara Gomes.

Para surpresa do Sindicato, na semana passada, o prefeito enviou a Câmara de Vereadores o projeto de lei 102/2011 para a contratação emergencial de agentes de saúde, médicos e enfermeiros até 10 de outubro do próximo ano. “Isso nos parece um programa nada sustentável, e sim político pois as contrações encerram exatamente após as eleições e a partir daí a população ficará novamente desassistida de saúde comunitária”, denunciou a Diretora do Sindicato.

Os vereadores atendendo o apêlo da categoria enviaram um recado ao prefeito dizendo que só aprovariam o projeto se o prefeito abrisse um edital para o concurso ainda neste ano.

O prefeito Alex Boscaini (PT) negou que a população esta sendo desassistida, pois segundo ele, há pessoas que estão substituindo os agentes, e disse que cumpre a lei e trabalha sempre a luz da legislação nacional, estadual e municipal. Eu só posso responder pelos meus atos a partir de 2005, antes eu teria que fazer uma pesquisa mais precisa. Nós conveniamos com a Faurgs e ela contratou os profissionais da saúde e não cabe a mim questionar. Programa de Saúde de Família (PSF) que passou, agora a ser chamado de Estratégia de Saúde da Família (ESF). Em 2011 a Faurgs não quis renovar o convênio.
Com o advento das OSCIPs nós passamos a tentar a experimentar esse modelo novo de contração por terceirização. Iniciamos o processo, mas o Ministério Público (MP) questionou, mas firmamos um acordo com a promotoria. Abrimos um edital de seleção para inscrições de OSCIPS (empresas) que iria fazer a seleção e contratação do pessoal. “No entanto, a OSCIP perdedora questionou na Justiça e ai por conta disso o juiz solicitou para dar uma segurada no processo.
E agora o novo processo de avaliação e seleção dos novos 48 contratados quem vai realizar serão os profissionais da secretaria municipal da saúde,” afirmou o prefeito.

Seguidores